São Miguel, o Arcanjo de Deus na batalha contra Lúcifer e os anjos rebeldes (Apoc 12,7-8), é o primeiro Anjo honrado pelos fiéis, honrado como “o príncipe da milícia celeste”. A São Miguel atribuem-se três funções:

  1. guiar e conduzir as almas ao céu, depois de tê-las pesado na balança da justiça divina;
  2. defender a Igreja e o povo cristão;
  3. presidir no céu o culto de adoração à Santíssima Trindade e oferecer a Deus as orações dos Santos e dos fiéis.

A Invocação a São Miguel Arcanjo (pequeno exorcismo) foi composta pelo Papa Leão XIII.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate! Sede nosso refúgio contra as maldades e armadilhas do demônio. Subjugue-o Deus, instantemente o pedimos. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, pelo poder divino, precipitai ao inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas.
Amém!

(Papa Leão XIII)