Novena à Divina Misericórdia

Jesus pediu que a Festa da Divina Misericórdia (Segundo Domingo de Páscoa) fosse precedida por uma Novena à Divina Misericórdia, a ser iniciada na Sexta-Feira Santa. Ele deu a Irmã Faustina uma intenção pela qual rezar a cada dia da Novena. Em seu diário, Irmã Faustina relata que Jesus lhe disse:

“Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai…
Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas.”
(Diário nº.1209)

As diferentes almas pelas quais se reza em cada dia da novena são:

  1. Toda a humanidade, especialmente os pecadores;
  2. As almas de padres e religiosos;
  3. Todas as almas piedosas e fiéis;
  4. Aquelas que não acreditam em Jesus e aquelas que ainda não O conhecem;
  5. As almas dos irmãos separados;
  6. As almas mansas e humildes e as almas das crianças;
  7. As almas que especialmente veneram e glorificam a Misericórdia de Jesus;
  8. As almas detidas no Purgatório; e
  9. As almas tíbias.

A Novena é rezada junto com o Terço da Divina Misericórdia.

Primeiro dia

Hoje traze-Me a humanidade inteira, especialmente todos os pecadores e mergulha-os no oceano da minha Misericórdia. Com isso Me consolarás na amarga tristeza em que Me afunda a perda das almas.

Misericordiosíssimo Jesus, de quem é próprio ter compaixão de nós e nos perdoar, não olheis os nossos pecados, mas a confiança que depositamos em Vossa infinita bondade. Acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e nunca nos deixeis sair dele. Nós vo-lo pedimos pelo amor que Vos une ao Pai e ao Espírito Santo.

Eterno Pai, olhai com misericórdia para toda humanidade, encerrada no Coração compassivo de Jesus, mas especialmente para os pobres pecadores. Pela Sua dolorosa Paixão, mostrai-nos a Vossa Misericórdia, para que glorifiquemos a onipotência da Vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Segundo dia

Hoje traze-Me as almas dos sacerdotes e religiosos e mergulha-as na minha insondável Misericórdia. Elas Me deram força para suportar a amarga Paixão. Por elas, como por canais, corre para a humanidade a minha Misericórdia.

Misericordiosíssimo Jesus, de quem provém tudo que é bom, aumentai em nós a graça, para que pratiquemos dignas obras de misericórdia, a fim de que aqueles que olham para nós, glorifiquem o Pai da Misericórdia que está no Céu.

Eterno Pai, dirigi o olhar da vossa Misericórdia para a porção eleita da vossa vinha: para as almas dos sacerdotes e religiosos. Concedei-lhes o poder da vossa bênção e, pelos sentimentos do Coração de vosso Filho, no qual estão encerradas, dai-lhes a força da vossa luz, para que possam guiar os outros nos caminhos da salvação e juntamente com eles cantar a glória da vossa insondável Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Terceiro dia

Hoje traze-Me todas as almas piedosas e fiéis e mergulha-as no oceano da minha Misericórdia. Estas almas consolaram-Me na Via-sacra; foram aquela gota de consolações em meio ao mar de amarguras.

Misericordiosíssimo Jesus, que concedeis prodigamente a tods as graças do tesouro da vossa Misericórdia, acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e não nos deixeis sair dele pelos séculos; suplicamo-Vos pelo amor inconcebível de que está inflamado o vosso Coração para com o Pai Celestial.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas fiéis, como a herança do vosso Filho. Pela sua dolorosa Paixão concedei-lhes a vossa bênção e cercai-as da vossa incessante proteção, para que não percam o amor e o tesouro da santa fé, mas com toda a multidão dos Anjos e dos Santos glorifiquem a vossa imensa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Quarto dia

Hoje traze-Me os pagãos e aqueles que ainda não Me conhecem e nos quais pensei na minha amarga Paixão. O seu futuro zelo consolou o meu Coração. Mergulha-os no mar da minha Misericórdia.

Misericordiosíssimo Jesus, que sois a luz de todo o mundo, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos pagãos que ainda não Vos conhecem. Que os raios da vossa graça os iluminem para que também eles, juntamente conosco, glorifiquem as maravilhas da vossa Misericórdia e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos pagãos e daqueles que ainda não Vos conhecem e que estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Atraí-as à luz do Evangelho. Essas almas não sabem que grande felicidade é amar-Vos. Fazei com que também elas glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Quinto dia

Hoje traze-Me as almas dos Cristãos separados da Unidade da Igreja e mergulha-as no mar da minha Misericórdia. Na minha amarga Paixão dilaceravam o meu Corpo e o meu Coração, isto é, a minha Igreja. Quando voltam à unidade da Igreja, cicatrizam-se as minhas Chagas e dessa maneira eles aliviam a minha Paixão.

Misericordiosíssimo Jesus que sois a própria Bondade, Vós não negais a luz àqueles que Vos pedem, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos nossos irmãos separados, e atraí-os pela vossa luz à unidade da Igreja e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração, mas fazei com que também eles glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos nossos irmãos separados que esbanjaram os vossos bens e abusaram das vossas graças, permanecendo teimosamente nos seus erros. Não olheis para os seus erros, mas para o amor do vosso Filho e para a sua amarga Paixão, que suportou por eles, pois também eles estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Fazei com que também eles glorifiquem a vossa Misericórdia por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Sexto dia

Hoje traze-Me as almas mansas, assim como as almas das criancinhas, e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas são as mais semelhantes ao meu Coração. Elas reconfortaram-Me na minha amarga Paixão da minha agonia. Eu as vi quais anjos terrestres que futuramente iriam velar junto aos meus altares. Sobre elas derramo torrentes de graças. Só a alma humilde é capaz de aceitar a minha graça; às almas humildes favoreço com a minha confiança.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes: “Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração”, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas mansas e humildes e as almas das criancinhas. Estas almas encantam o Céu todo e são a especial predileção do Pai Celestial, são como um ramalhete diante do trono de Deus, com cujo perfume o próprio Deus se deleita. Estas almas têm a mansão permanente no Coração compassivo de Jesus e cantam sem cessar um hino de amor e misericórdia pelos séculos.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas mansas e humildes e para as almas das criancinhas, que estão encerradas na mansão compassiva do Coração de Jesus. Estas almas são as mais semelhantes a vosso Filho; o perfume destas almas eleva-se da Terra e alcança o vosso trono. Pai de Misericórdia e de toda bondade, suplico-Vos pelo amor e predileção que tendes para com estas almas, abençoai o mundo todo, para que todas as almas cantem juntamente a glória à vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Sétimo dia

Hoje traze-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a minha Misericórdia e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas foram as que mais sofreram por causa da minha Paixão e penetraram mais profundamente no meu espírito. Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Estas almas brilharão com especial fulgor na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do Inferno; defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte.

Misericordiosíssimo Jesus, cujo Coração é o próprio amor, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas que honram a glorificam de maneira especial a grandeza da vossa Misericórdia. Estas almas tornadas poderosas pela força do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na vossa Misericórdia. Estas almas estão unidas com Jesus e carregam sobre os seus ombros a humanidade toda. Elas não serão julgadas severamente, mas a vossa Misericórdia as envolverá no momento da morte.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que glorificam e honram o vosso maior atributo, isto é, a vossa inescrutável Misericórdia; elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Estas almas são o Evangelho vivo e as suas mãos estão cheias de obras de misericórdia; suas almas repletas de alegria cantam um hino de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a vossa Misericórdia segundo a esperança e confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: “As almas que veneram a minha insondável Misericórdia, Eu mesmo as defenderei durante a vida, especialmente na hora da morte, como minha glória.” Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Oitavo dia

Hoje traze-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo à mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.

Rezar o Terço da Misericórdia

Nono dia

Hoje traze-Me as almas tíbias e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia. Estas almas ferem mais dolorosamente o meu Coração. Foi da alma tíbia que a minha Alma sentiu repugnância no Horto. Elas levaram-Me a dizer: Pai afasta de Mim este cálice, se assim for a vossa vontade. Para elas, a última tábua de salvação é recorrer a minha Misericórdia.

Ó compassivo Jesus, que sois a própria Compaixão, trago à mansão do vosso compassivo Coração as almas tíbias; que se aqueçam no fogo do vosso amor puro estas almas geladas, que, semelhantes a cadáveres, Vos enchem de tanta repugnância. Ó Jesus, muito compassivo, usai a onipotência da vossa Misericórdia e atraí-as até ao fogo do vosso amor e concedei-lhes o amor santo, porque Vós tudo podeis.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas tíbias e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Pai de Misericórdia, suplico-Vos pela amargura da Paixão do vosso Filho e por sua agonia de três horas na Cruz, permiti que também elas glorifiquem o abismo da vossa Misericórdia… Amém.

(Diário nos. 1209-1229)

Rezar o Terço da Misericórdia

Novena de São Miguel Arcanjo

(21 a 29 de setembro)
V. Deus, vinde em nosso auxílio!
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos!

Ó glorioso S. Miguel, excelso Príncipe das celestiais milícias. Vós, a quem foi reservada a glória de ser o primeiro a pugnar pela honra do Senhor, e que, empunhando o divinal estandarte forte com o poder divino, exclamando: “Quem é como Deus?”, rápido como o relâmpago debelastes os anjos rebeldes e os precipitastes nos abismos, alcançai-nos uma centelha desse vosso zelo ardente, da vossa inabalável fidelidade, para que também nós saibamos, ajudados por vós, e fortes com o Nome de Deus, combater os Seus e nossos inimigos e deles alcançar gloriosa vitória.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Ó glorioso Arcanjo S. Miguel, vós a quem o Senhor entregou a guarda da Sua Igreja, e que constantemente velais sobre ela, dignai-vos ouvir as nossas preces em seu favor.
Vede, ó Arcanjo excelso, que o Dragão, que outrora já vencestes, embora saiba que jamais a poderá vencer, procura a todo custo combatê-la e persegui-la, ora espalhando o espírito de soberba entre os seus filhos, ora tentando com falsas doutrinas iludir os fracos e incautos, ora dirigindo todo o furor dos ímpios contra o seu chefe visível na terra; ah!, socorrei-a, reuni num só aprisco suas desgarradas ovelhas; tornai-as obedientes à voz do Pastor e, precipitando novamente o Dragão aos infernais abismos, alcançai que a Santa Igreja, gloriosa e triunfante, se exalte cada vez mais, e que aumente sempre o número de cristãos, ricos em amor de Deus e santidade.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Ó glorioso São Miguel, nosso Protetor amado, não rejeiteis nossas preces, e dignai-vos de aceitar benignamente os louvores que vos tributa o nosso afeto. Vós que possuis a ventura de gozar do Senhor, sem que jamais vos conturbe o temor de o perder, compadecei-vos de nós, que ainda no desterro e rodeados de mil perigos, tanto carecemos de auxílios; ajudai-nos nos combates desta vida e principalmente no momento terrível em que teremos de comparecer ante o Juiz Supremo! Ah! valha-nos então o vosso patrocínio, ó Príncipe celeste, para que, livres das chamas do Purgatório, possamos convosco gozar para sempre a inefável ventura de ver a Deus e possuí-lO eternamente no Céu. Amém.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Oração
Ó maior, ó mais humilde dos espíritos bem-aventurados, Arcanjo São Miguel, cuja divisa faz fugir o demônio e seus satélites, orai por nós! Obtende-nos o amor de Deus, o desprezo de nós mesmos e o horror do pecado! Praticando estas virtudes, teremos a doce confiança de entrar na Pátria celeste. No momento da terrível passagem, estai junto de nós, santo Arcanjo, que apresentais as almas a Deus. Que vossa espada afaste definitivamente o inimigo de nossa salvação, e gozaremos convosco a possessão eterna da infinita Beleza. Amém.

Novena em honra de Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe

(festa: 12 de dezembro)

Primeiro Dia
Querida Senhora de Guadalupe, Mãe de santidade, ensinai-me Vossa doçura e força. Ouvi minha humilde prece oferecida com cordial confiança para pedir esta graça…
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Segundo Dia
Ó Maria, concebida sem pecado, venho ao Vosso trono da graça para compartilhar da fervorosa devoção de Vossos fiéis filhos mexicanos que Vos invocam sob o glorioso título Azteca de Guadalupe. Concedei-me uma viva fé para realizar sempre a santa vontade de Vosso Filho: seja feita Sua vontade assim na terra como no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Terceiro Dia
Ó Maria, cujo Coração Imaculado foi ferido por sete espadas de dor, ajudai-me a caminhar corajosamente entre os agudos espinhos que cobrem meu caminho. Concedei-me a força de ser um verdadeiro imitador Vosso. Isto eu Vos peço, minha querida Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quarto Dia
Querida Mãe de Guadalupe, eu Vos peço uma fortalecida vontade de imitar a caridade de Vosso divino Filho, de sempre procurar o bem para os necessitados. Humildemente Vos peço que isto me alcanceis.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quinto Dia
Ó Mãe Santíssima, eu Vos peço que me alcanceis o perdão de todos os meus pecados, abundantes graças para servir Vosso Filho mais fielmente deste momento em diante, e finalmente, a graça de louvá-lO Convosco para sempre no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sexto Dia
Maria, Mãe das vocações, multiplicai as vocações sacerdotais e enchei a terra com casas religiosas que serão luz e calor para o mundo, segurança nas noites tempestuosas. Pedi a Vosso Filho que nos envie muitos sacerdotes e religiosos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sétimo Dia
Ó Senhora de Guadalupe, pedimo-Vos que os pais vivam uma santa vida e eduquem seus filhos de maneira cristã; que os filhos obedeçam e sigam as orientações de seus pais; que todos os membros das famílias rezem e adorem juntos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Oitavo Dia
Com meu coração repleto da mais sincera veneração, eu me prostro diante de Vós, ó Mãe, para Vos pedir que me alcanceis a graça de cumprir os deveres de meu estado de vida com fidelidade e constância.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Nono Dia
Ó Deus, foi agradável a Vós derramar sobre nós incessantes graças, colocando-nos sob a especial proteção da Bem-Aventurada Virgem Maria. Concedei-nos, a Vossos humildes servos, que se rejubilam em honrá-lA hoje sobre a terra, a felicidade de vê-lA face a face no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Visitação

Súplica de Nove Meses a Nossa Senhora

VisitaçãoSúplica à  Virgem Santíssima para se obter uma graça pelos nove meses em que ficou esperando o Divino Salvador

(25 de março a 25 de dezembro)

» Rezar durante os 9 meses, diariamente!

Ó Maria, Virgem sem Mancha, que preparastes em Vosso seio virginal uma morada digna do filho de Deus, eu me envergonho de aparecer diante de Vós, mas porque desejo que o filho de Deus, que nasceu de Vós, renasça espiritualmente em mim, e me conceda a graça que tanto o meu coração deseja, prostro-me aos Vossos pés e Vos suplico que alcanceis esta graça que tanto desejo (pede-se a graça), enquanto passo a Vos reverenciar por todas as horas em que trouxestes em Vosso seio o Filho de Deus.

Rezar 24 Ave-Marias, seguidas da jaculatória:
        – Bendita seja a Imaculada Conceição da Virgem Maria, Mãe de Deus.

Nihil Obstat
P. Lindolpho Esteves
S. Paulo 07-03-1939

Imprima-se
Mons. Ladeira
Vigário Capitular

Novena à Imaculada Conceição

José_Campeche_-_Imaculada_Conceição,_1804– Meu Deus, vinde em meu auxílio!
– Senhor, apressai-Vos em me socorrer.

– Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.
– E renovareis a face da Terra.
Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos Vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo Senhor Nosso. Amém!
(para todos os dias)

Virgem Puríssima, concebida sem pecado, e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha. Gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de Deus, Rainha dos Anjos e dos homens.
Saúdo-Vos humildemente como Mãe do meu Salvador que, com aquela estima, respeito e submissão com que Vos tratava, me ensinou quais sejam as honras e a veneração que devo prestar-Vos; dignai-Vos, eu vo-lo rogo, de receber as que nesta novena Vos consagro.
Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes, e assim tenho razão para recorrer a Vós. Sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar de enternecer-Vos à vista das minhas misérias.
Sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança, e por esta razão não podeis deixar de reconhecer a terna confiança que tenho em Vós.
Fazei-me digno de chamar-me Vosso filho, para que possa confiadamente dizer-Vos: mostrai que sois minha Mãe!
Amém.

1o. dia – 2o. dia – 3o. dia – 4o. dia – 5o. dia – 6o. dia – 7o. dia – 8o. dia – 9o. dia ]


Primeiro dia

Eis-me aqui, aos vossos pés, ó Santíssima Virgem Imaculada! Convosco me alegro sumamente, porque desde a eternidade fostes eleita Mãe do Verbo Divino e preservada da culpa original.
Eu bendigo e dou graças à Santíssima Trindade, que Vos enriqueceu com este privilégio em vossa Conceição, e humildemente Vos suplico que me alcanceis a graça de vencer os tristes efeitos que em mim produziu o pecado. Ah! Senhora, fazei que eu os vença e jamais deixe de amar o nosso Deus!


Segundo dia

Ó Maria, lírio imaculado de pureza, eu me congratulo convosco, porque desde o primeiro instante da vossa Conceição fostes cheia de graça e além disto Vos foi conferido o perfeito uso da razão.
Dou graças e adoro a Santíssima Trindade, que Vos concedeu tão sublimes dons; e me confundo totalmente na Vossa presença ao ver-me tão pobre de graça; Vós que de graça celeste fostes tão copiosamente enriquecida, reparti-a com a minha alma e fazei-me participante dos tesouros que começastes a possuir em Vossa Imaculada Conceição. Amém.


Terceiro dia

Ó Maria, mística rosa de pureza, eu me alegro convosco, que gloriosamente triunfastes da infernal serpente, na Vossa Imaculada Conceição, porque fostes concebida sem mácula de pecado.
Dou graças e louvo a Santíssima Trindade, que tal privilégio Vos concedeu e Vos suplico que me alcanceis força para superar todas as traições do comum inimigo, e para não manchar minha alma como pecado.
Ah! Senhora, ajudai-me sempre e fazei que, com a vossa proteção, sempre triunfe de todos os inimigos de minha salvação. Amém.


Quarto dia

Ó espelho de pureza, Imaculada Virgem Maria, eu me encho de sumo gozo ao ver que desde a Vossa Conceição, foram em Vós infundidas as mais sublimes virtudes e, ao mesmo tempo, todos os dons do Espírito Santo.
Dou graças e louvo a Santíssima Trindade que com estes privilégios Vos favoreceu; e suplico-Vos, ó benigna Mãe, que me alcanceis a prática das virtudes, e me façais também digno de receber os dons e a graça do Espírito Santo. Amém.


Quinto dia

Ó Maria, refulgente lua de pureza, eu me congratulo convosco, porque o mistério de Vossa Imaculada Conceição foi o princípio da salvação de todo o mundo.
Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade, que assim magnificou e glorificou Vossa pessoa, e Vos suplico que me alcanceis a graça de saber aproveitar-me da Paixão e morte de Jesus, e que não seja para mim inútil o Seu Sangue derramado na Cruz, mas que eu viva santamente e Ele salve a minha alma. Amém.


Sexto dia

Ó estrela resplandecente de pureza, Imaculada Maria, eu me alegro convosco, de que a Vossa Imaculada Conceição causasse um imenso gozo a todos os Anjos do Paraíso.
Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade, que Vos enriqueceu com tão belo privilégio. Ah! Senhora, fazei que eu um dia tenha parte nessa alegria e que possa em companhia dos Anjos, louvar-Vos e bendizer-Vos eternamente. Amém.


Sétimo dia

Ó aurora nascente e pura, Imaculada Maria, eu me alegro e exulto convosco porque no mesmo instante da Vossa Conceição, fostes confirmada em graça e tornada impecável.
Dou graças à Santíssima Trindade, que somente a Vós distinguiu com este especial privilégio. Ó Virgem Santíssima, alcançai-me um total e contínuo aborrecimento do pecado sobre todos os outros males, e que antes morra do que torne a cometê-los. Amém.


Oitavo dia

Ó sol sem mácula, Virgem Maria, eu me congratulo convosco, e me alegro de que em Vossa Conceição Vos fosse conferida por Deus uma graça maior e mais copiosa do que tiveram todos os Anjos e todos os Santos no auge de seus merecimentos.
Dou graças e admiro a suma bondade da Santíssima Trindade, que Vos enriqueceu com tal privilégio. Ah! Senhora, fazei que eu coresponda à graça divina e não torne a abusar dela; mudai-me o coração, e fazei que desde agora comece o meu arrependimento. Amém.


Nono dia

Ó viva luz de santidade e exemplo de pureza, Virgem e Mãe, Maria Santíssima, Vós, apenas concebida, adorastes profundamente a Deus e Lhe destes graças, porque por meio de Vós, acabada a antiga maldição, desceu uma grande bênção sobre os filhos de Adão.
Ó Senhora, fazei que esta bênção acenda no meu coração um grande amor para com Deus; inflamai-o, para que constatemente ame o mesmo Senhor, e depois goze eternamente no Praíso, onde possa dar-Lhe as mais vivas graças pelos singulares privilégios a Vós concedidos e possa também ver-Vos coroada de tamanha glória! Amém.

Novena da Medalha Milagrosa

medalha-milagrosaA Medalha Milagrosa não é um objeto mágico, um amuleto. É um sinal religioso, um rico presente de Nossa Senhora, Mãe de Jesus e nossa Mãe. Foi Maria mesma, Medianeira de todas as Graças, quem manifestou sua Medalha a Santa Catarina Labouré.

O Arcebispo de Paris, Dom Quélen, autorizou a cunhagem da medalha e instaurou um inquérito oficial sobre a origem e os efeitos da medalha, a que a piedade do povo deu o nome de “Medalha Milagrosa”, ou “Medalha de Nossa Senhora das Graças”. A conclusão do inquérito foi a seguinte:

“A rápida propagação, o grande número de medalhas cunhadas e distribuídas, os admiráveis benefícios e graças singulares obtidos, parecem sinais do céu que confirmam a realidade das aparições, a verdade das narrativas da vidente e a difusão da Medalha”.


Novena da Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa

Sinal da Cruz… Ato de Contrição…

Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós (3 vezes)

1º. DIA – 1ª. APARIÇÃO

Contemplamos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça, guiada por seu Anjo da Guarda, é apresentada à Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação. Gozaremos as delícias do Paraíso, se nos privarmos dos gozos terrenos.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

2º. DIA – LÁGRIMAS DE MARIA

Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a Cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos do fruto de suas lágrimas.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

3º. DIA – PROTEÇÃO DE MARIA

Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: “Eu mesma estarei convosco: não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças”. Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

4º. DIA – 2ª. APARIÇÃO

Estando Santa Catarina Labouré em oração, a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nessa aparição se vê seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança e amor!

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

5º. DIA – AS MÃOS DE MARIA

Contemplemos, hoje, Maria desprendendo de suas mãos raios luminosos. “Estes raios, disse ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que mas pedem e aos que trazem com fé minha medalha”. Não desperdicemos tantas graças! Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

6º. DIA – 3ª. APARIÇÃO

Contemplemos Maria, aparecendo a Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha prometendo a todos que a trouxerem, com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a Santa Medalha e, como escudo, ela nos protegerá nos perigos.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

7º. DIA DA NOVENA E 1º. DO TRÍDUO

Ó Virgem Milagrosa, Rainha excelsa, Imaculada Senhora, sede minha advogada, meu refúgio e asilo nesta terra, minha fortaleza e defesa na vida e na morte, meu consolo e glória no céu.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

8º. DIA DA NOVENA E 2º. DO TRÍDUO

Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrasem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

9º. DIA DA NOVENA E 3º. DO TRÍDUO

Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

ORAÇÃO FINAL

Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte; e a graça (faz-se o pedido) que peço com toda confiança. Amém.

Imprimatur
Dom Oscar de Oliveira
Arcebispo de Mariana-MG

Novena pelas Almas do Purgatório

Novena pelas Almas do Purgatório

(Pelo Pe. Victor Jouet, M.S.C.,Fundador da Associação do Sagrado Coração para alívio e libertação das Almas do Purgatório)

Prática Quotidiana
[Nove dias seguidos ]
Um pequeno passeio peloPurgatório em companhia do Sagrado Coração, rezando a Novena das Almas.

almas-do-purgatorio

Vós fazeis tantas vezes passeios, daqui para ali, pela imaginação e pelo coração, inúteis freqüentemente, prejudiciais às vezes. Este que vos é agora indicado figurará entre os úteis passeios e vos ajudará a reparar os que não o foram. Será o tempo de um pensamento sério, de um ato de fé, de zelo, decaridade, duma oração jaculatória. Por modesto e pequeno que seja, não deixa de ser uma volta completa em sua largura e em sua profundidade. O relâmpago mais rápido ilumina, um instante ao menos, a sombria prisão. A brisa mais leve é sempre dum grande alívio na atmosfera abrasadora… É portanto muito fácil algum sufrágio a qualquer pessoa, por toda parte, a toda hora, em qualquer circunstância

Excelência desta prática:
. . .Ela corresponde ao desejo do Sagrado Coração: Santa Margarida Maria nela resume as diversas práticas sugeridas por ela às suas noviças, às quais dizia: “Eis,minhas amadas Irmãs, o modo que me parece ser mais conforme ao desejo do Sagrado Coração de Jesus. Assim executareis mais fielmente a promessa que fizestes a Ele em favor das almas sofredoras do Purgatório”.

Atos Preparatórios
(orações iniciais para todos os dias da novena)

Oração: Ó santa Margarida Maria, a que Nosso Senhor escolheu para estabelecer e propagar por toda parte como uma fonte inesgotável de graças, a devoção a seu divino Coração, vós que tendes ouvido as almas do Purgatório pedir-vos este remédio novo tão salutar em seus sofrimentos, e que tendes libertado por este meio uma multidão dessas pobres prisioneiras,obtende-nos a graça de executar santamente essa piedosa prática dum passeio pelo Purgatório, em companhia do Sagrado Coração de Jesus rezando a novena pelas almas.

União de Intenções: com os fiéisque realizam, diariamente, este santo exercício, naIgreja titular da Obra, situada em Lungotévere Prati. -Roma.

Consagração do dia: Ó divinoCoração de Jesus, ao fazer em vossa companhia estepasseio pelo Purgatório, nós vos consagramos tudo o quefizermos e esperamos fazer de bem, com o socorro de vossagraça, durante este dia, e vos pedimos que apliqueis osvossos méritos em favor dessas almas sofredoras. E vós,santas almas do Purgatório, empregai ao mesmo tempo todoo vosso poder no sentido de nos obterdes a graça deviver e de morrer no amor e na fidelidade ao SagradoCoração de Nosso Senhor Jesus Cristo, correspondendo,sem resistência, a seus desejos sobre nós. Amém.

Oferecimento: Pai Eterno, nós vosoferecemos o sangue, a paixão e a morte de Jesus Cristo,as dores da Santíssima Virgem e as de São José, pelaremissão de nossos pecados, pela libertação das almasdo Purgatório e pela conversão dos pecadores.

Invocação: Amado seja por todaparte o Sagrado Coração de Jesus! Eternamente.
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós epelos falecidos.
São José, exemplo e padroeiro dos amigos do Coraçãode Jesus, rogai por nós e pelos falecidos.

Prelúdio: Desçamos um instante pelo pensamento, com o amor do Coração de Jesus e a abundância de suas graças ao Purgatório!
1. Quantas almas vêm nesse momento iniciar aí o seu doloroso cativeiro!
Como elas são felizes! Livraram-se do inferno para sempre… estão certas de que chegarão à suprema felicidade… são as amigas de Deus… estão salvas!…
Como elas estão tristes! Acham-se cobertas de mil imperfeições… de muitas penas temporais devidas aos restos dos pecados perdoados… exiladas por um certo tempo de sua pátria celeste… obrigadas à purificação.
2. Que santa legião quase inteiramente purificada se prepara hoje mesmo para entrar no céu! Felicitemo-las, demos a elas o derradeiro sufrágio que apressará em alguns instantes a sua festiva partida, digamos a elas que se lembrem de nós no reino eterno.
3. Que multidão se encontra aí encarcerada já há tempo, e que aí permanecerá ainda por longo prazo!
São almas desconhecidas, almas abandonadas, almas de seculares, de religiosos, de sacerdotes, almas que nos são caras.
Contemplemo-las, ouçamos seus gemidos, dirijamos a elas uma palavra de amizade e de compaixão, prestemo-lhes assistência!

Oração do dia

1º dia - Domingo

Primeiro dia – Domingo

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me do tempo perdido.

 

“Não o julgava nem tão precioso, nem tão rápido, nem tão irreparável… Se eu o soubesse!… Se eu pudesse ainda repará-lo!…
Tempo precioso!… Aprecio-te agora como o mereces. Tu fostes dado para empregar-te no amor de Jesus, em minha santificação, no consolo e na edificação do próximo; empreguei-te porém no pecado, no prazer, em obras que agora me causam amargos pesares. Tempo tão rápido na terra e tão lento nesta purificação! Passava outrora como o relâmpago; minha vida fugia como um sonho; e agora as horas me parecem anos, e os dias são como séculos!
Tempo irreparável! Na terra parecia jamais acabar; e a morte cortou o fio de meus dias, no momento em que menos o pensava.
Ó tempo perdido, eis que passaste sem esperança de voltar!
Ó vós que viveis ainda na terra, consagrai por nós ao Coração de Jesus algumas dessas horas em que a graça vos é oferecida em tão grande abundância e com tanta felicidade.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje no Purgatório por todos os meios em nosso poder, as almas daqueles que, durante sua vida, praticaram este santo exercício e recomendar-nos àquelas que neste instante sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: “Os sofrimentos das almas do Purgatório são tão grandes que os dias lhes parecem mil anos”. (S. Vicente Ferrer).
Sufrágio: Consagrar um instante honrando o Sagrado Coração em favor das Almas do Purgatório.
Intenção particular: Rogareis ao Sagrado Coração em favor da Alma mais abandonada.
Motivo: Quanto maior for a sua penúria, maior será o seu reconhecimento. Ela pedirá a Deus que não vos abandone, e não permita que jamais vos afasteis dele pelo pecado.
Oração para o domingo: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos, pelo Sangue preciosíssimo que Jesus vosso divino Filho, derramou no Jardim das Oliveiras que liberteis as almas do Purgatório; recomendo-vos de modo muito particular a alma mais abandonada. Conduzi-a à morada da glória, a fim de que ela vos louve e bendiga durante toda a eternidade. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.

Oração jaculatória: Divino Coração de Jesus, fazei que eu vos ame sempre e cada vez mais.

2º dia - Segunda-feira

Segundo dia – Segunda-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
Arrependo-me dos bens dissipados.
“Minha fortuna, minha saúde, meus talentos, minha posição no mundo: tudo isto poderia ter sido para mim um poderoso meio de salvação, se eu o tivesse aplicado à glória de Deus.
Quantas graças eu atrairia então sobre mim! Mas eu não quis. E todos os meus bens desvaneceram-se a meus olhos, no momento da morte. Ah! se eu dispusesse hoje desses bens perecíveis, como eu me aplicaria em adiantar um momento que fosse a minha libertação, para aumentar um degrau na glória que Deus me reserva no céu, e para fazer conhecida na terra, a mais uma alma, a devoção ao Sagrado Coração.
Vós que, na terra, dispondes ainda de alguma fortuna, lembrai-vos de que dela haveis de dar contas… Pensai nisto… Usai dela segundo a justiça, a piedade e a caridade. Pagai vossas dívidas para com os vivos e para com os mortos; dai generosas esmolas aos pobres; trabalhar pela glória do Sagrado Coração esforçando-vos, por uma piedosa liberalidade, pela difusão do seu culto até as extremidades do mundo que lhe foi inteiramente consagrado.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje no Purgatório por todos os meios em nosso poder, as almas dos fiéis chegados de todos os pontos da Europa, especialmente as de Roma, e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: “À esmola estão abertas as portas do Paraíso”. (S. João Crisóstomo).
Sufrágio: Dar alguma esmola para o culto do Sagrado Coração.
Intenção particular: Rezar pela alma mais aproximada da sua libertação.
Motivo: Quanto mais próximo está o termo de seu sofrimento, mais a alma deseja unir-se ao Sagrado Coração. Removei o obstáculo. Em troca, ela pedirá para vós a graça de romper os últimos laços que vos impedem de entregar-vos inteiramente a Deus.
Oração para a segunda-feira: Ó Senhor Deus onipotente, suplico-vos, pelo Sangue preciosíssimo que Jesus, vosso divino Filho derramou em sua flagelação, que liberteis as almas do Purgatório, e sobretudo aquela que se acha prestes a entrar na glória, fim de que ela comece desde já a bendizer-vos por toda a eternidade. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Doce Coração de Maria, sede a minha salvação.
 

3º dia - Terça-feira

Terceiro Dia – terça-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me das graças desprezadas.
“Elas me foram oferecidas em tão grande abundância, a cada instante de minha vida, com tão insistentes solicitação… Regeneração cristã pelo batismo, vocação, sacramentos, palavras de Deus, inspirações santas, bons exemplos, favores insignes de preservação do perigo, de socorro na tentação, de perdão depois da queda. Que soma incalculável de escolhidas graças!
A umas eu recusei; aceitei friamente outras; abusei da maior parte delas.
Ah! Se eu tivesse hoje, num só momento, a liberdade de estancar minha sede nas fontes de misericórdia que jorram do Coração Sagrado de Jesus, e que os pecadores e os indiferentes desprezam!
Escutai o que santa Margarida Maria vos diz do alto do Céu, como nós vô-lo dizemos: Não há ninguém no mundo que não experimente toda espécie de socorros, uma vez que não falte para com Jesus Cristo um amor reconhecido tal como é aquele que lhe é testemunhado pela devoção a seu Sagrado Coração. (Obras de Santa Margarida Maria, tom. II, 86).”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje, no Purgatório, por todos os meios ao vosso alcance, as almas dos fiéis vindas de todas as regiões da Ásia, e especialmente a da Palestina, e recomendar-nos àquelas que neste instante sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: “O valor duma só graça é superior ao valor natural do universo inteiro”. (S. Tomás).
Sufrágio: Algumas orações em honra do Sagrado Coração.
Intenção particular: Orar pela alma do Purgatório mais distanciada de sua libertação.
Motivo: Deixai-vos tocar por sua desolação e por sua humildade em suportar seus longos sofrimentos, pois elas vos serão reconhecidas! Felizes sereis se elas vos obtiverem a humildade neste mundo, para serdes glorificados no outro.
Oração para a terça-feira: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos, pelo sangue preciosíssimo, que Jesus vosso divino filho, derramou em sua dolorosa coroação de espinhos, que liberteis as almas do Purgatório, sobretudo aquela que deveria ser a última a sair desse lugar de tormentos, a fim de que ela não demore tanto a louvar-vos em vossa glória e a bendizer-vos para sempre. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Pai Eterno, ofereço-vos o sangue preciosíssimo de Jesus Cristo, em expiação de meus pecados, em sufrágio das santas almas do Purgatório, pelas necessidades da Santa Igreja.
 

4º dia - Quarta-feira

Quarto Dia – quarta-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me do mal cometido.
“Outrora parecia-me ele tão sem importância e tão agradável! E por isso eu sufocava os remorsos em meio dos prazeres… Hoje seu peso me esmaga, sua amargura faz o meu tormento, sua lembrança me persegue e me dilacera. Pecados graves perdoados, mas não expiados; faltas leves, só muito tarde eu compreendo agora a vossa malícia!
Ah! se eu pudesse voltar à vida… nenhuma promessa, por fascinante que fosse, nenhuma honra, nenhum prazer, nenhuma palavra sedutora seria capaz de me incitar a cometer o pecado.
Vós que ainda tendes a liberdade de escolher entre Deus e o mundo, contemplai os flagelos, os espinhos, a cruz, que torturaram Jesus; eles vos dirão o que nossos pecados lhe custaram.
Pensai nos arrependimentos tardios e dolorosos que haveis de ter de vossas faltas no Purgatório, e nada vos custará confessar, no Sacramento da Penitência, todas as do passado, para sofrer no presente a pena que ainda lhes é devida, e para evitá-las no futuro.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje, no Purgatório, por todos os meios ao nosso alcance, as almas dos fiéis chegadas de todas as regiões da África, especialmente dos países outrora católicos, e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: Que vale ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua alma?
Sufrágio: Um ato de contrição diante de uma imagem do Sagrado Coração.
Intenção particular: Rogar pela alma mais rica em merecimentos.
Motivo: Quanto mais ela for elevada em glória no Céu, mais eficazmente poderá obter-nos um verdadeiro amor de Deus, sem o qual não existe verdadeiro mérito.
Oração para a quarta-feira: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos pelo Sangue preciosíssimo que Jesus vosso divino Filho, derramou nas ruas de Jerusalém, ao carregar uma cruz tão pesada em seus ombros sagrados, que liberteis as almas do Purgatório, e mui especialmente aquela que for mais rica em merecimentos diante de vós, a fim de que, elevada ao lugar sublime que espera, ela vos louve e bendiga para sempre. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória:
– Jesus, Maria, José, eu vos dou meu coração, minha alma e minha vida.
– Jesus, Maria, José, assisti-me na última agonia.
– Jesus, Maria, José, morra eu tranqüilamente na vossa santa companhia.
 

5º dia - Quinta-feira

Quinto Dia – quinta-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me dos escândalos dados.
“Se, ao morrer, eu tivesse podido eliminar as tristes conseqüências de meus escândalos!… Se eu pudesse deter daqui, no declive do abismo, tantas pobres almas que seguem meus tristes exemplos e meus maus ensinamentos!… Mas não é possível, e por minha culpa ainda se comete o mal e isto se dará durante anos, séculos, e me são exigidas contas da parte que me cabe sobre todos os pecados de que me fiz a causa. Se me fosse permitido fazer chegar minha palavra insistente até as extremidades da terra, e percorrer como missionário o mundo inteiro, como esforçar-me-ia para desviar as almas do vício e conduzi-las à virtude.
Vós que vindes visitar-me em minha prisão tenebrosa, e que fazeis brilhar a meus olhos um raio de luz, possuis no Sagrado Coração o meio mais seguro e mais fácil, cooperando com a sua graça, reproduzindo suas virtudes, animando-vos de seu zelo de converter muitas almas, em número maior ainda do que o número daquelas às quais escandalizei.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje, no Purgatório, por todos os meios ao nosso alcance, as almas dos fiéis chegadas de todas as regiões da América, especialmente aquelas das regiões missionárias e que começam a receber as luzes da fé, e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: A cada um segundo as suas obras.
Sufrágio: Fazer hoje algum gesto de caridade em louvor ao Sagrado Coração.
Intenção particular: Orar pela alma mais devota do Santíssimo Sacramento.
Motivo: Ela pedirá por vós a graça de recebê-lo dignamente na hora da morte, como penhor de vossa salvação eterna.
Oração para a quinta-feira: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos pelo Corpo adorável e pelo Sangue preciosíssimo de vosso divino Filho Jesus, que, na véspera de sua Paixão, se deu a si mesmo como comida e como bebida a seus apóstolos, e deixou ainda à toda sua Igreja um sacrifício perpétuo, e a seus fiéis um alimento vivificante, que liberteis as almas do Purgatório e mui especialmente a mais devota deste mistério de amor infinito, a fim de que ela vos louve por vosso divino Filho, em união com o Espírito Santo, na mansão de vossa glória, durante toda a eternidade. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Ó meu Jesus, misericórdia.
 

6º dia - Sexta-feira

Sexto Dia – sexta-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me da penitência omitida.
“Como ela teria sido fácil, ontem, no mundo!… Como ela é penosa, hoje, no Purgatório!… Aqui o menor dos meus sofrimentos está acima das maiores dores da terra. Lá eu não teria então outra coisa a fazer senão aceitar com resignação o trabalho, a dor, a contradição; privar-me de alguns bens supérfluos, para com eles ajudar os pobres; praticar obras satisfatórias; fazer uso das práticas de piedade. Que poderia haver de mais fácil?!…
Ah! se Deus me permitisse voltar à terra, nenhum regulamento me pareceria exigente demais, nenhum martírio me causaria terror. Não haveria para mim senão suavidade nas mais rigorosas penitências, ante a idéia deste grande sofrimento, que eu evitaria por meio delas.
Vós que sofreis nesse vale de lágrimas, alegrai-vos: a mais leve pena cristãmente suportada em vista de vossos pecados, para satisfazer à justiça de Deus, e oferecida ao Sagrado Coração em espírito de reparação, pode poupar-vos um longo e penoso Purgatório.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje no Purgatório por todos os meios ao nosso alcance, as almas dos fiéis vindas dos confins longínquos da Oceania, principalmente as das missões católicas mais provadas, e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: Fazei dignos frutos de penitência.
Sufrágio: Uma pequena penitência para alívio das almas do Purgatório.
Intenção particular: Orar pelas almas pelas quais tendes mais obrigação de rezar.
Motivo: É um dever vosso. E se, a respeito dessas almas, tiverdes alguma obrigação de justiça, não adieis mais; do contrário atraireis sobre vós a justiça divina.
Oração para a sexta-feira: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos pelo preciosíssimo Sangue que Jesus, vosso divino Filho, derramou num dia idêntico a este na árvore da Cruz, sobretudo pelas chagas de suas mãos e de seus pés sagrados, que liberteis as almas do Purgatório, e de modo particular aquela pela qual estou mais obrigado a orar, a fim de que não seja por minha culpa que Vós não a introduzireis imediatamente no seio de vossa glória, e para que ela vos louve e vos bendiga para sempre. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao vosso.
 

7º dia - Sábado

Sétimo Dia – sábado

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me da pouca caridade que tive na terra
para com as almas do Purgatório…
“Poderia ter-lhes sido tão útil durante minha vida. Orações, penitências, esmolas, boas obras, Comunhões, santas Missas, devoção ao Sagrado Coração; de quantos meios eu dispunha para consolar estas pobres almas, retidas como prisioneiras nesta morada de trevas e sofrimentos!
Se eu tivesse utilizado bem desses meios, teria alcançado para mim graças poderosas para evitar o pecado e para ir diretamente ao céu; teria ao menos merecido um Purgatório mais ameno, mais rápido, e também teria uma maior participação no fruto das orações que de toda parte se oferecem por nós.
Ah! se eu pudesse voltar à terra, ninguém seria mais devotado do que eu às almas sofredoras! De quantas Missas participaria e quantas faria celebrar por elas! Quantas orações encaminharia aos céus em favor delas!… que esforços não faria para suscitar em seu favor a compaixão de todos!
O que eu não fiz, quando podia, vós, almas cristãs, não deixeis de fazê-lo enquanto ainda tiverdes tempo.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje no Purgatório por todos os meios ao nosso alcance, as almas dos fiéis vindas da Austrália, particularmente da Papuásia, e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: É justo que nós soframos neste mundo.
Sufrágio: Propagai esta novena e as almas ser-vos-ão reconhecidas.
Intenção particular: Orar pela alma mais devota da Santíssima Virgem.
Motivo: Dar a maior alegria a Maria Santíssima que, inclinando-se às orações por esta alma, obter-vos-á a graça de uma verdadeira devoção ao Sagrado Coração de Jesus.
Oração para o sábado: Ó Senhor, Deus onipotente, suplico-vos pelo preciosíssimo Sangue que jorrou do lado de Jesus, vosso divino Filho, à vista de sua Mãe Santíssima, mergulhada numa extrema dor, que liberteis as almas do Purgatório, e em particular aquela que foi mais devota dessa grande Rainha, a fim de que ela seja admitida o quanto antes em vossa glória e possa louvar-vos por todos os séculos. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Ó Maria, que entrastes no mundo sem mancha, alcançai-me de Deus, eu vô-lo peço, que eu possa sair do mundo sem pecado.
 

8º dia - Domingo

Oitavo Dia – domingo

Colóquio –De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me dos pecados de omissão,
especialmente de não ter participado bem da santa Missa.
“Não apreciava bem o valor da santa Missa, renovação do santo sacrifício de Jesus no Calvário.
Como é importante participar bem e freqüentemente da santa Missa. Morreu Jesus para salvar as almas, e cotidianamente renova esta morte de modo incruento no santo sacrifício da Missa. E eu não a estimava bastante. Não ia buscar aos pés do altar remissão dos meus pecados pelo preciosíssimo Sangue de Jesus. Não ia buscar as forças necessárias para resistir às tentações; não vivia em constante união com o Deus dos nossos altares. Por isso, estou agora aqui e sofro com paciência e merecidamente; mas podia ter sido de outra maneira. O santo sacrifício da Missa é de um valor infinito, e eu poderia ter aproveitado. Se o tivesse feito, agora já estaria no céu, perto de Jesus.
Se na terra eu tivesse recorrido mais às graças que emanam do Sagrado Coração de Jesus na hora da santa Missa, quão grande seria agora a minha santidade. Que tesouro de graças teria tido em minha alma fia hora da morte! Como estaria agora perto do trono de Deus! Se eu pudesse voltar!… Mas, pelo menos, tu podes participar freqüentemente da santa Missa, enriquecer-te com as graças divinas, aplicá-las também a nós, pobres almas do Purgatório.”
Práticas Piedosas
Resolução:Participar mais freqüente e intensamente da santa missa, recebendo a santa Comunhão, também pelas almas do Purgatório e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual:Quem comer a minha Carne e beber o meu Sangue, terá a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. (Jo. 6,54)
Sufrágio:Participar também da santa Missa em dias de semana, quando puder.
Intenção particular:Rezar pelas almas mais abandonadas.
Motivo:As almas do Purgatório nada podem fazer para si mesmas. O tempo de merecimentos próprios passou para elas. Devemos ajudar principalmente aquelas almas, das quais ninguém se lembra.
Oração para o domingo:Ó divino Salvador que todos os dias no santo sacrifício da Missa vos ofereceis ao Pai celestial para expiação dos nossos pecados, lançai um olhar benigno sobre as almas do Purgatório, especialmente as mais abandonadas, e dizei-lhes a mesma palavra que dissesses ao bom ladrão: “Hoje estarei comigo no paraíso”

Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória:
Pela repetição incruenta de vosso sacrifício da Cruz, livrai as almas mais abandonadas, meu Jesus!
 

9º dia - Segunda-feira

Nono Dia – segunda-feira

Colóquio – De que te arrependes, santa alma do Purgatório? Que fizeste na terra que deixaste?
– Arrependo-me da vida materialista que levei.
“Quando ainda estava na terra, vivia esquecido do meu último fim. Criado para servir a Deus, e assim ganhar a felicidade do céu, procurava demasiadamente o bem-estar do corpo, os divertimentos, as comodidades. Ouvia os avisos e os ensinamentos dos sacerdotes, mas não lhes dava importância. Sufocava a voz de minha consciência, e continuava numa vida de tédio espiritual. E ainda que evitasse o pecado grave, não procurava Deus, meu sumo bem; não me enriquecia com as graças divinas pela freqüência dos sacramentos, não me alimentava constantemente com o Corpo e Sangue de Cristo na santa Comunhão. A minha vida foi uma vida mundana, em que a vida da graça definhava cada vez mais. Hoje vejo, como foi vã esta vida.
Tu, que ainda estás na terra, aprende de mim! Dirige tua vida conscientemente ao fim para a qual foi criada! Procura a glória de Deus, também quando custa sacrifícios. Domina os desejos do corpo, para que tua alma não venha a sofrer no Purgatório.”
Práticas Piedosas
Resolução: Socorrer hoje, por todos os meios ao nosso alcance, as almas do Purgatório, especialmente as que viveram em nossa própria Pátria, pois temos obrigações especiais Para com elas e recomendar-nos àquelas que neste momento sobem ao céu.
Ramalhete espiritual: Lembrai-vos, Senhor, dos servos e das servas que foram à nossa frente com o sinal da fé e dormem o sono da paz.
Sufrágio: Uma visita ao Santíssimo Sacramento pelas almas.
Intenção particular: Rogar pelas almas dos nossos compatriotas.
Motivo: Viveram na mesma terra, trabalharam para seu progresso material e espiritual. Somos por isso seus devedores.
Oração para a segunda-feira: Ó Deus, que amais a salvação das almas, invocamos a vossa clemência, para que façais chegar à participação da eterna felicidade as almas de nossos irmãos, parentes, amigos e benfeitores, pela intercessão de Maria sempre Virgem e de todos os Santos. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.
Versículo:
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno.
E brilhe para eles a vossa luz.
Descansem em paz. Amém.
Oração jaculatória: Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
 

Oração pelas Almas

. . .Senhor Jesus,dignai-vos, pelo sangue precioso que derramastes no Jardim das Oliveiras, socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a mais desamparada. Levai-a hoje para o céu, a fim de que, unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre.Amém.

. . .Senhor Jesus, pelo sangue precioso que derramastes durante vossa flagelação, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que em vida me fez mais benefícios. Levai-a hoje para o céu, a fim de que,unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelo sangue precioso que derramastes durante vossa coroação de espinhos, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que mais amou a Santíssima Virgem. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelo sangue precioso que derramastes carregando vossa cruz,dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório,principalmente a que sofre pelos maus exemplos que lhe dei. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelos merecimentos do sangue precioso contido no cálice que apresentastes a vossos apóstolos depois da Ceia, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que foi mais fervorosa com o Santíssimo Sacramento do Altar. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelos méritos do sangue precioso que emanou de vossas chagas,dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente aquela a quem me confiastes na terra. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelos méritos do sangue precioso que saiu do vosso sagrado Coração, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que mais propagou o culto do vosso Sacratíssimo Coração. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelos merecimentos de vossa adorável resignação sobre a Cruz, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que mais padece por minha causa. Levai-a hoje para o céu, a fim de que unida aos Anjos e à vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre. Amém.

. . .Senhor Jesus, pelos méritos das lágrimas que a Santa Virgem derramou aos pés de vossa cruz, dignai-vos socorrer e livrar as almas do Purgatório, principalmente a que vos é mais cara.Levai-a hoje para o céu, a fim de que, unida aos Anjos eà Vossa Mãe Santíssima, ela vos bendiga para sempre.Amém.

Oração às Almas

. . .Almas Benditas do Senhor, vós que estais na intimidade de Deus nosso Pai e ansiosas aguardais a hora abençoada em que as portas do céu se abram para vós, ouvi a nossa súplica.

. . .Vós, que no convívio com os homens experimentastes as angústias e as aflições desta terra e hoje estais na expectativa de gozar da mais plena felicidade da vossa união com Deus, pedi ao Pai alívio para os nossos sofrimentos e coragem para prosseguirmos em nossa caminhada para a casa do Pai.

. . .Vós, que nesta vida colocastes vossa mão trêmula e fraca na mão forte e segura de Jesus Cristo, que caminhastes lado a lado com Ele através dos anos da vida terrestre e que hoje estais na feliz companhia do Nosso Salvador junto ao Pai, fazei que o Coração de Jesus infunda confiança e paz em nosso coração e ilumine nosso espírito com sua divina sabedoria para que possamos caminhar tranqüilos nas estradas tortuosas desta vida até juntarmo-nos a Vós no banquete celeste com a Virgem Maria e com todos os Santos. Amém.

. . .Almas santas e benditas, rogai a Deus por nós, que rogaremos a Deus por vós; alcançai para nós os favores que vos suplicamos… e que Deus vos dê repouso e luz eterna. Amém.