Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!

“Não sabes rezar?
E que oração mais bela e a Mim mais aceita que o ato de amor?”

A Obra das Almas Pequeníssimas é a união de todas as pessoas que se propõem a seguir o caminho da infância espiritual, na observância dos três deveres (ver abaixo), cuja aceitação não significa ter que se afastar dos deveres próprios de seu estado e das devoções particulares.

A Obra não é uma associação com sede, estatutos, distintivos e diplomas, pois existe apenas no coração das pessoas.

A vida da infância espiritual não é novidade quanto à doutrina e não vem dos homens. É do Evangelho (Mt 18, 3-4 e 11,25-26; Mc 10,14-15).


ConsolataA quem Jesus ensinou o Ato de Amor?

A Irmã Consolata Beltrone (1903 – 1946), religiosa capuchinha italiana, foi escolhida por Deus para confirmar ao mundo a doutrina do Caminho da Infância Espiritual já ensinada por Santa Teresinha do Menino Jesus, dando-lhe agora uma forma simples, concreta e fácil de ser praticada por todos, homens e mulheres, leigos e religiosos.

– Leia o livro O Coração de Jesus ao Mundo (Edições Loyola)

Ser alma pequeníssima e participar da Obra significa cumprir estes três deveres:

1. O Ato de Amor: “Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”, repetido incessantemente ou freqüentemente, com o coração (não é necessário mover os lábios), no decorrer do dia, desde o despertar até o adormecer;

2. A Caridade com um sorriso, vendo e tratando Jesus em todos;

3. A aceitação da Vontade de Deus, com um “Obrigado, meu Jesus!”


Promessas de Jesus para cada Ato de Amor

Cada vez que se pronuncia o Ato de Amor:
“Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”,
uma alma é salva!

É ato puro e perfeito de amor, com o qual se dá a Deus o que mais Lhe agrada: amor e almas.

É ato de caridade perfeita pela incessante súplica em favor de todas as almas, as da Igreja Militante (que somos nós, os vivos) e as da Igreja Padecente (as almas do Purgatório).

Repetido freqüentemente, a todo momento e em qualquer lugar, atrai uma chuva de graças particulares, e, sobretudo, prepara o triunfo da Misericórdia Divina nos corações humanos: um novo Pentecostes em escala mundial.

O Ato de Amor é para todos e para tudo. Pode-se rezar:

“Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas e curai-me!”
ou: “… e curai (nome do doente)”;
“… e libertai (nome) do vício do álcool, das drogas”;
“… e protegei… (iniciativas, viagens,…)”;
“… e iluminai… (estudos, falta de fé)”;
“… e convertei… (ateus, espíritas, esotéricos…)”;
“… e uni… (casais separados…)”;
“… e confortai-me (falecimento de parentes)…

Como participar da Obra

A pessoa que se interessar em participar desta Obra deve proceder sem precipitação, procurando certificar-se de que tal impulso seja realmente fruto da graça de Deus e não proveniente de efêmero entusiasmo.

Pedirá luz a Deus, com oração mais assídua.

Meditará sobre os três deveres das almas pequeninas.

Observará que os deveres de nº. 2 e 3 já integram a vida espiritual de todo cristão consciente e cumpridor de seus deveres.

Restará, pois, aceitar e cumprir a obrigação de pronunciar o Ato de Amor, sem abandonar os deveres de seu estado ou suas devoções particulares.
Iniciará, de imediato, a exercitar-se por algum tempo, sem compromisso formal, pronunciando mais com o coração, o ato incessante de amor: “Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”, repetido o dia inteiro, desde o acordar até o adormecer. Em qualquer lugar e em qualquer circunstância, sempre há oportunidade para pronunciar o Ato de Amor, mesmo no desempenho de nossos deveres, no lar, estudo ou trabalho.

Divulgue a Obra, entregando folhetos e esclarecendo os três deveres. Rezem em conjunto o Terço do Amor, continuação do Ato de Amor, pois este se inicia logo ao despertar até o adormecer.

As pessoas que por qualquer motivo não podem tributar a Jesus o Ato de Amor de forma ininterrupta podem participar com o Ato de Amor freqüente. Recorrendo ao auxílio e proteção de Nossa Senhora Menina, quem se propuser seguir este caminho de amor conseguirá entrar em contínua intimidade com Nosso Senhor e não lhe será difícil aumentar cada vez mais o número de vezes em que repetirá o Ato de Amor, até conseguir pronunciá-lo em todos os momentos e em qualquer lugar, hora por hora, minuto a minuto.

Não cometeria pecado, nem mesmo venial, quem, por inadvertência, ainda que voluntária, se descuidasse da prática do Ato Incessante de Amor. Somente se privaria do mérito e dos frutos dos atos de amor omitidos.

Inicie sempre suas cartas com o Ato de Amor:
«Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!»

Protetores das Almas Pequeníssimas

Nossa Senhora Menina é a Protetora das Almas Pequeníssimas. Ela é a primeira e a mais perfeita das pequeníssimas. A festa da Natividade de Nossa Senhora é dia 8 de setembro. É a festa das almas pequeninas, a nossa festa.
São José é o Patrono da Obra e zela para que nada falte. Sua festa é 19 de março.
Santos Anjos – participam intensamente dos trabalhos da Obra. Festa em 2 de outubro.

Peça folhetos grátis com maiores informações
sobre a Obra das Almas Pequeníssimas:
Caixa Postal 265
Botucatu – SP
CEP: 18603-970

O Pai Nosso das Almas do Purgatório

Santuário Mariano de EinsiendelnUm dia em que Santa Matilde havia acabado de comungar e oferecer a Deus a Hóstia Preciosíssima, a fim de que Ela servisse para a libertação das almas do Purgatório, com a remissão de seus pecados e a reparação de suas negligências, ouviu o Senhor dizer-lhe:

“Reze por elas um Pai Nosso em união com a intenção que eu tive, ao tirá-lo do Meu Coração, a fim de ensiná-lo aos homens”.

Ao mesmo tempo, a inspiração Divina desvendou à Santa as intenções (cuja fórmula sucinta está nesta página).

E quando Santa Matilde acabou de rezar o Pai Nosso nessas intenções, ela viu uma grande multidão de almas, rendendo graças a Deus pela sua libertação do Purgatório, numa alegria extrema. A cada vez que a Santa rezava essa oração, via uma legião de almas subindo para o Céu.

O pedido da récita desta oração foi repetido a uma senhora suíça em 1968, no Santuário Mariano de Einsiedeln.

Socorramos as pobres almas do Purgatório, que nada podem para si mesmas, a não ser sofrer, esperando pelos nossos sufrágios, rezar por nós e serem gratas.

(uma versão deste Pai Nosso acrescenta uma jaculatória após cada trecho da oração)

 

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU… Eu vo-lo peço, ó Pai Eterno, que perdoeis às almas do Purgatório por não Vos terem amado, nem rendido toda a honra que Vos é devida a Vós, seu Senhor e Pai, que só por pura graça as adotastes como filhas. E elas, no entanto, por causa de seus pecados, Vos expulsaram de seu coração onde desejáveis sempre habitar. Em reparação desses pecados por elas cometidos, eu Vos ofereço todo o amor e toda a veneração que o Vosso Filho feito Homem Vos testemunhou ao longo de toda a Sua vida terrestre, e eu Vos ofereço todas as ações de penitência e de satisfação pelas quais Ele apagou e expiou os pecados dos homens.

SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME… Eu Vos suplico, ó Eterno PAI, que perdoeis às almas do Purgatório, por não terem honrado dignamente o Vosso Santo Nome, por terem-No pronunciado freqüentemente em vão e terem-se tornado, pela sua vida de pecado, indignas do nome de cristão. Em reparação desses pecados por elas cometidos, eu Vos ofereço toda a honra que o Vosso Filho bem-amado rendeu ao Vosso Nome, por Suas palavras e obras, ao longo de toda a Sua vida terrestre.

VENHA A NÓS O VOSSO REINO… Eu Vos rogo, ó Eterno PAI, perdoar as almas do Purgatório, por não terem sempre procurado nem desejado o Vosso Reino com bastante zelo, este Reino que é o único lugar onde reinam o verdadeiro repouso e a eterna PAZ. Em reparação desta indiferença em praticar o bem, eu Vos ofereço o Santíssimo desejo com o qual o Vosso Filho desejou que, também elas, fossem as herdeiras do Seu REINO.

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU… Eu Vos rogo, ó Eterno PAI, que perdoeis às almas do Purgatório por não terem submetido a sua vontade própria à Vossa, nem terem procurado fazer a Vossa Vontade acima de todas as coisas. Em reparação dessa desobediência, eu Vos ofereço a perfeita conformidade do Coração pleno de Amor do Vosso Divino Filho, com a Vossa Santa Vontade, e a submissão que Vos testemunhou, obedecendo-Vos até à morte de cruz.

O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE… Eu Vos rogo ó Eterno PAI, perdoar às almas do Purgatório por não terem recebido a SAGRADA COMUNHÃO com bastante desejo, por terem-Na freqüentemente recebido sem recolhimento e sem amor, até mesmo indignamente, e ainda terem negligenciado em recebê-La. Em reparação de todos esses pecados, eu Vos ofereço a eminente Santidade e o grande Recolhimento de Nosso Senhor JESUS CRISTO, assim como o ardente AMOR com que Ele nos fez este incomparável Dom.
Eu Vos rogo ainda por aquelas almas que comungaram sem fé, sem gesto de adoração, não cuidando das migalhas da Hóstia, com roupas indecentes ou até provocadoras, sem terem se confessado, com pecados mortais. Eu Vos rogo, igualmente, pelas almas dos protestantes que rejeitaram este Augusto Sacramento, e agora o lamentam no meio das chamas. Compadecei-Vos delas, suscitando em mim, em seu lugar, a Fome Eucarística.

PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TÊM OFENDIDO… Eu Vos rogo, ó Eterno Pai, perdoar às almas do Purgatório, de terem se tornado culpadas, sucumbindo aos pecados mortais e por não terem querido nem amar nem perdoar a seus inimigos. Em reparação desses pecados, eu Vos ofereço a oração cheia de amor que, na cruz, o Vosso Divino Filho Vos dirigiu em favor de Seus inimigos.

NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO… Eu Vos rogo, ó Eterno Pai, perdoar as almas do Purgatório, por não terem freqüentemente resistido às tentações e às paixões e seguido o inimigo de todo o Bem,  e de terem-se abandonado às concupiscências da carne. Em reparação de todos estes pecados em suas múltiplas formas dos quais se tornaram culpadas, eu Vos ofereço a gloriosa Vitória que Nosso Senhor Jesus Cristo obteve sobre o mundo, assim como a Sua Santíssima Vida, Seu trabalho e Suas penas, Seu sofrimento e morte crudelíssima.

MAS LIVRAI-NOS DO MAL e de todos os castigos, em virtude dos méritos de Vosso Filho bem-amado, e conduzi-nos, assim como as almas do Purgatório, ao Vosso Reino de Glória que sois Vós mesmo. AMÉM!

 

Extraído do folheto “O Pai Nosso das Almas do Purgatório”
Pedidos: Editora da Divina Misericórdia
Rua Campinas, 475
Esplanada
Belo Horizonte-MG
30280-090

A Dupla Novena

A Dupla Novena em reparação aos Corações de Jesus e Maria

Rainha Vitoriosa

A Dupla Novena foi pedida à Irmã Natália da Hungria. Trata-se da Comunhão reparadora, depois da preparação apropriada e do arrependimento (confissão), em Nove Primeiros Sábados e Nove Primeiras Sextas-feiras consecutivos, para consolar o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

[ Imprima-se: Niterói, 26.02.1971. Antônio, Arcebispo de Niterói ]

As 33 Promessas de Jesus aos que completarem a Dupla Novena em Honra dos Sagrados Corações de Jesus e Maria

1. Concederei, durante a Novena, tudo o que Me pedirem através do Coração Imaculado de Minha Mãe, desde que o pedido esteja de acordo com a vontade do Pai.

2. Estas pessoas experimentarão, em todas as circunstâncias, a extraordinária ajuda de Minha Mãe e Sua bênção.

3. A paz, a harmonia e o amor reinarão em suas almas e em suas famílias.

4. Protegerei suas famílias contra escândalos, decepções e injustiças.

5. Os casais permanecerão unidos e, se estiverem separados, unir-se-ão novamente.

6. Haverá compreensão entre todos os membros das famílias e todos perseverarão na fé.

7. As gestantes experimentarão a proteção especial de Minha Mãe e receberão o que pedirem para si e para seus filhos.

8. Os pobres terão habitação e alimento.

9. Estas pessoas serão conduzidas por Mim a amar a oração e o sofrimento e aprenderão a amar a Deus, ao próximo e aos seus inimigos.

10. Os pecadores serão convertidos sem dificuldade, mesmo que uma outra pessoa faça a Novena por eles.

11. Os pecadores não recairão em seus pecados e receberão não somente o perdão de suas faltas, mas, através de contrição perfeita e amor, recobrarão a inocência batismal.

12. Aqueles que completarem esta Novena em estado de inocência batismal (especialmente as crianças), até sua morte não ofenderão meu Coração com pecados graves.

13. Os pecadores que se arrependerem sinceramente, escaparão não só do inferno mas também do Purgatório.

14. As almas indiferentes tornar-se-ão fervorosas, perseverarão e alcançarão, mais rapidamente, a perfeição e a santidade.

15. Se os pais ou quaisquer outros membros de uma família completarem esta Novena, ninguém desta família será condenado ao inferno.

16. Muitos jovens serão chamados à vida religiosa, inclusive ao sacerdócio.

17. Os descrentes tornar-se-ão fiéis e aqueles que tinham se afastado retornarão à Igreja.

18. Sacerdotes e Religiosos permanecerão fiéis às suas vocações e os que se tornaram infiéis receberão a graça de uma sincera contrição e a possibilidade de retorno.

19. Os pais e superiores receberão ajuda tanto em suas necessidades espirituais como nas materiais.

20. Estas pessoas escaparão facilmente das tentações da carne, do mundo e de satanás.

21. Os orgulhosos e arrogantes tornar-se-ão humildes e os geniosos tornar-se-ão amorosos.

22. As almas fervorosas experimentarão a doçura da oração e do sacrifício e jamais serão atormentadas pela inquietação ou dúvida.

23. Os moribundos partirão desta vida sem agonia, sem os ataques de satanás, e escaparão de mortes súbitas ou inesperadas.

24. Os agonizantes experimentarão grande desejo pela vida eterna; portanto, submeter-se-ão à minha vontade e partirão desta vida nos braços de minha Mãe.

25. As almas experimentarão a extraordinária proteção de minha Mãe no Julgamento.

26. As pessoas receberão a graça de sentirem compaixão e amor diante dos meus sofrimentos e os de minha Mãe.

27. Aqueles que se esforçarem para serem perfeitos obterão, como privilégio, as virtudes principais de minha Mãe: humildade, amor e pureza.

28. Uma certa alegria e paz exterior e interior os acompanhará através de suas vidas, tanto na doença como na saúde.

29. Os Sacerdotes receberão, sem dificuldades, a graça de viverem na presença de minha Mãe.

30. Aqueles que avançarem na união mística Comigo receberão a graça de sentirem esta unidade e saberão o que significa: não são eles que vivem, mas Eu que vivo neles. Ou seja: Eu amarei com seus corações, Eu rezarei com suas almas, Eu falarei com suas línguas, Eu servirei com todo seu ser. Eles experimentarão que o que há de bom, belo, santo, humilde, manso, obediente, valioso e admirável neles, sou Eu. Eu, o Onipotente, o Infinito, o Único Senhor, o Único Deus, o Único Amor.

31. As almas daqueles que completarem esta Novena resplandecerão, por toda a eternidade, como lírios brancos, em volta do Coração Imaculado de minha Mãe.

32. Eu, o Divino Cordeiro de Deus, com meu Pai e o Espírito Santo, regozijar-Me-ei, por toda eternidade, vendo estas almas que, através do Coração Imaculado de minha Mãe, ganharam a glória eterna.

33. Os Sacerdotes avançarão, sempre, na fé e na virtude.

Folhetos da Rainha Vitoriosa do Mundo
com a Dupla Novena
Caixa Postal 198 – São Carlos-SP – 13560-970

Nossa Senhora das Graças

Virgem do GloboFesta: 27 de novembro

Na tarde de um sábado, dia 27 de novembro de 1830, véspera do 1º. Domingo do Advento, em Paris, na capela das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, a piedosa noviça Irmã Catarina Labouré, teve uma visão de Nossa Senhora.

A Virgem Santíssima estava de pé sobre um globo, segurando com as duas mãos um outro globo menor, sobre o qual aparecia uma cruzinha de ouro. Dos dedos de suas mãos, que de repente encheram-se de anéis com pedras preciosas, partiam raios luminosos em todas as direções. Num gesto de súplica, Nossa Senhora oferecia o globo ao Senhor.

“A Virgem Santíssima — disse Irmã Catarina — baixou para mim os olhos e me disse no íntimo do meu coração:

“Este globo que vês representa o mundo inteiro (…) e cada pessoa em particular… Eis o símbolo das graças que derramo sobre as pessoas que mas pedem.”

Desapareceu, então, o globo que tinha nas mãos e, como se estas já não pudessem com o peso das graças, inclinaram-se para a terra em atitude amorosa. Formou-se em volta da Santíssima Virgem um quadro oval, no qual em letras de ouro se liam estas palavras que cercavam a mesma Senhora:

“Ó MARIA CONCEBIDA SEM PECADO,
ROGAI POR NÓS QUE RECORREMOS A VÓS.”

 

Ouvi, então, uma voz que me dizia:

“Faça cunhar uma medalha por este modelo; todas as pessoas que a trouxerem receberão grandes graças, sobretudo se a trouxerem ao pescoço; as graças serão abundantes, especialmente para aqueles que a usarem com confiança”.

Então o quadro se virou, e no verso apareceu a letra “M”, monograma de Maria, com uma cruz em cima, tendo um terço na base; por baixo do “M”, os dois Corações, de Jesus e de Maria; o de Jesus, com uma coroa de espinhos e o de Maria atravessado por uma espada; contornava o quadro uma coroa de doze estrelas.”

Irmã Catarina disse ainda que a Santíssima Virgem calcava aos pés uma serpente, alusão clara à palavra de Deus a Eva, depois do pecado: “Porei inimizade entre ti e a Mulher, entre tua descendência e a dela. Ela te esmagará a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3,15).

A mesma visão se repetiu várias vezes, sobre o sacrário do altar-mor; ali aparecia Nossa Senhora, sempre com as mãos cheias de graças, estendidas para a terra, e a invocação já referida a envolvê-la.

O Arcebispo de Paris, Dom Quélen, autorizou a cunhagem da medalha e instaurou um inquérito oficial sobre a origem e os efeitos da medalha, a que a piedade do povo deu o nome de “Medalha Milagrosa”, ou “Medalha de Nossa Senhora das Graças”.

O Santo Rosário

Nossa Senhora do RosárioA palavra Rosário significa “Coroa de Rosas”.

Todas as vezes que dizemos uma Ave-Maria é como se déssemos a Nossa Senhora uma linda rosa; com cada Rosário completo Lhe damos uma coroa de rosas.

O Santo Rosário é considerado uma oração completa, porque traz em síntese toda a história da nossa salvação.

Em todas as aparições a Mãe Celeste nos convidou a recitar o Rosário como arma potente contra o mal, para nos levar à verdadeira paz.

(do site “O Santo Rosário”)


O Rosário completo é formado atualmente por quatro partes. Como desde o século 19 o Rosário tinha três partes, cada parte é tradicionalmente chamada de “terço”. Cada terço é composto por cinco mistérios de nossa Redenção. Cada mistério, por sua vez, é contemplado com uma meditação própria e a recitação de:

  • um Pai-Nosso,
  • dez Ave-Marias (por isso às vezes se chama um mistério de “dezena”),
  • um Glória ao Pai
  • e jaculatórias segundo o costume da família ou grupo de oração.

Veja, portanto, que os Mistérios são sempre acompanhados de uma meditação.

 

Como recitar o RosárioComo rezar o terço

(seguir a ilustração no sentido horário)

1- Faz-se o Sinal da Cruz; é costume rezar a Invocação ao Espírito Santoinfo Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos Vossos fiéis, e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus, que instruís os corações de Vossos fiéis com a Luz do Espírito Santo, fazei que saibamos apreciar retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém. Reza-se o Oferecimentoinfo Divino Jesus, eu vos ofereço este terço (Rosário) que vou rezar, contemplando os mistérios de nossa Redenção. Concedei-me, pela intercessão de Maria, vossa Mãe Santíssima, a quem me dirijo, as graças necessárias para bem rezá-lo para ganhar as indulgências desta santa devoção. (Pode-se acrescentar o que segue, e também intenções particulares: Ofereço-Vos também em reparação aos Corações de Jesus e Maria, nas intenções do Imaculado Coração de Maria, nas intenções do Santo Padre, pelo Santo Padre e por toda a Igreja, pela santificação do clero e das famílias, pelas vocações sacerdotais, religiosas, missionárias e leigas, pela Paz no mundo, pelo Brasil.). Reza-se então o Credoinfo Creio em Deus Pai, Todo-Poderoso, Criador do Céu e da Terra, e em Jesus Cristo, Seu Único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu ao céu, está sentado à direita de Deus Pai, Todo-Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém..

2- Em honra à Santíssima Trindade, reza-se um  Pai Nossoinfo Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém. e:
a)  uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Pai que nos criou (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor);b) uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Filho que nos salva (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor);c) uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Espírito Santo que nos santifica (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor).

3- No intervalo, um Glóriainfo Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém., a Oração de Fátimainfo Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.; e jaculatórias como for costume.

Repete-se 4, 5 e 6 até o final do Terço ou do Rosário completo:

4- Enuncia-se o Mistério e reza-se o Pai Nossoinfo Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém..

5- Contempla-se o Mistério durante o tempo de dez Ave Mariasinfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.  (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém! da Chama de Amor).

6- Após a dezena, no intervalo reza-se um um Glóriainfo Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre.Amém.; Oração de Fátimainfo Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.; jaculatórias como for costume.

7- Reza-se o Agradecimento:

Infinitas graças vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo do vosso poderoso amparo e, para mais vos obrigar, vos saudamos com uma Salve Rainha:

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!
A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva.
A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, Advogada nossa, esses Vossos olhos misericordiosos a nós volvei,
e, depois deste desterro, mostrai-nos a Jesus, bendito fruto de Vosso ventre,
ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
V. Rogai por nós, santa Mãe de Deus,
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém.


Sinal da Cruz.

Também se pode rezar, após a Salve Rainha, a Invocação a São Miguel Arcanjo e a oração a São José.

 

Os mistérios do Rosário

Na primeira parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Gozosos, que contemplam a encarnação do Filho de Deus e Sua missão no mundo:

Anunciação a Maria Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel Nascimento de Jesus Apresentação do Menino Jesus no Templo e purificação de Nossa Senhora Perda e encontro do Menino Jesus no Templo

1º- Anunciação a Maria;
2º- Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel;
3º- Nascimento de Jesus;
4º- Apresentação do Menino Jesus no Templo e purificação de Nossa Senhora;
5º- Perda e encontro do Menino Jesus no Templo.

Na segunda parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Luminosos, que contemplam a revelação do Reino de Deus já personificado em Jesus:

Batismo de Jesus no rio Jordão Auto-revelação de Jesus nas Bodas de Caná Anúncio do Reino de Deus por Jesus, com o convite à conversão Transfiguração de Jesus Instituição da Eucaristia

1º- Batismo de Jesus no rio Jordão;
2º- Auto-revelação de Jesus nas Bodas de Caná, quando transforma a água em vinho;
3º- Anúncio do Reino de Deus por Jesus, com o convite à conversão;
4º- Transfiguração de Jesus;
5º- Instituição da Eucaristia.

Na terceira parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Dolorosos, que contemplam a Paixão e Morte de Jesus:

Agonia de Jesus no Horto Flagelação de Jesus Coroação de espinhos Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário Crucifixão e morte de Jesus

1º- Agonia de Jesus no Horto;
2º- Flagelação de Jesus;
3º- Coroação de espinhos;
4º- Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário;
5º- Crucifixão e morte de Jesus.

Na quarta parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Gloriosos, que contemplam a vitória de Jesus sobre a morte, o nascimento da Igreja e a glorificação de Maria:

Ressurreição de Jesus Ascensão de Jesus ao Céu Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos Assunção de Maria Coroação de Maria no Céu

1o– Ressurreição de Jesus;
2o– Ascensão de Jesus ao Céu;
3o– Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos;
4o– Assunção de Maria;
5o– Coroação de Maria no Céu.

Sugestões para a récita do Rosário

O Rosário durante a semana:

– os Mistérios Gozosos às segundas-feiras e sábados, e nos domingos do Advento;

– os Mistérios Luminosos às quintas-feiras;

– os Mistérios Dolorosos às terças e sextas-feiras, e nos domingos da Quaresma;

– os Mistérios Gloriosos às quartas-feiras e domingos do tempo Pascal e Comum.

Quando não se reza o Rosário inteiro, pode-se recitar um só terço, ou então as dezenas separadamente, contanto que se complete ao menos um terço no mesmo dia.

Para participar do Movimento do Rosário Permanente, é preciso apenas rezar um Rosário completo uma vez por mês.

Mas, sempre que possível, deve-se rezar o Rosário inteiro todos os dias. Sugere-se rezar assim:

O Rosário ao longo do dia:

– os Mistérios Gozosos pela manhã;

– os Mistérios Luminosos ao meio-dia;

– os Mistérios Dolorosos à tarde, de preferência às 15hs, junto com o Terço da Misericórdia;

– os Mistérios Gloriosos no final da tarde ou à noite.

Sendo possível rezar o Rosário completo de uma vez, é ainda melhor!

Chama de Amor do Imaculado Coração de Maria

Devoção com aprovação eclesiástica.

“Mãe de Deus, derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da Vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém.”

Nossa Senhora confiou esta mensagem a uma alma na Hungria:

“Entrego nas vossas mãos um raio de luz: a Chama de Amor do meu Coração. Eu sou a vossa Mãe amorosa e cheia de bondade e, unida a vós, quero salvar-vos.
Ofereço-vos um novo meio de salvação. Aceitai-o e procurai compreendê-lo bem porque Eu olho-vos do Céu com o coração aflito!”
“Esta chama cheia de graças, que do meu Imaculado Coração vos dou, deve propagar-se de coração a coração. Este será o grande milagre, cuja luz cegará Satanás. Ela é o fogo de Amor e de União, e nós iremos apagar o fogo com o fogo: o fogo do ódio com o fogo do Amor! Alcancei-vos esta graça do Pai Eterno, pelas Cinco Chagas do meu divino Filho.”


ChamadeAmor_ImaculadoCoracaoRosário da Chama de Amor

(com aprovação eclesiástica)

Em honra das cinco Santas Chagas de Nosso Salvador, faz-se cinco vezes seguidas o Sinal da Cruz.

(pode-se fazer assim: + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; + Pelo Sinal da Santa Cruz, + Livrai-nos Deus, nosso Senhor, + dos nossos inimigos; + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo).

Nas três contas pequenas do início do terço:

1. Meu Deus, creio em Vós, pois sois infinitamente bom.
2. Meu Deus, espero em Vós, pois sois infinitamente misericordioso.
3. Meu Deus, amo-Vos, pois sois digno de ser amado sobre todas as coisas.

Nas contas do Pai Nosso:

Coração Doloroso e Imaculado de Maria, rogai por nós, que recorremos a Vós!

Nas contas das Ave-Marias:

Mãe, salvai-nos, pela Chama de Amor do Vosso Coração Imaculado!

Após cada dezena:

Mãe de Deus, derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da Vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém.

Ao final do terço:

reza-se 3 vezes o Glória, em homenagem à Santíssima Trindade.


Terço da Chama de Amor

É rezado da mesma forma que o Terço comum, iniciando-se fazendo cinco vezes seguidas o Sinal da Cruz em honra das Cinco Chagas de Jesus (pode-se fazer assim: + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; + Pelo Sinal da Santa Cruz, + Livrai-nos Deus, nosso Senhor, + dos nossos inimigos; + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo) e todas as Ave-Marias são rezadas com a jaculatória da Chama de Amor:

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco
Bendita sois Vós entre as mulheres
e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus
Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores
e derramai sobre a humanidade inteira
as graças eficazes da vossa Chama de Amor,
agora e na hora da nossa morte.
Amém!

A Ave-Maria assim rezada cega o maligno, de modo que ele nada pode fazer para tentar e perder as almas durante essa oração. A cada 3 Ave-Marias assim rezadas, uma alma é libertada do Purgatório; no mês das almas (novembro), a cada Ave-Maria assim rezada são libertadas 10 almas do Purgatório!

Site oficial desta devoção:
http://www.chamadeamor.com.br

Novena da Medalha Milagrosa

medalha-milagrosaA Medalha Milagrosa não é um objeto mágico, um amuleto. É um sinal religioso, um rico presente de Nossa Senhora, Mãe de Jesus e nossa Mãe. Foi Maria mesma, Medianeira de todas as Graças, quem manifestou sua Medalha a Santa Catarina Labouré.

O Arcebispo de Paris, Dom Quélen, autorizou a cunhagem da medalha e instaurou um inquérito oficial sobre a origem e os efeitos da medalha, a que a piedade do povo deu o nome de “Medalha Milagrosa”, ou “Medalha de Nossa Senhora das Graças”. A conclusão do inquérito foi a seguinte:

“A rápida propagação, o grande número de medalhas cunhadas e distribuídas, os admiráveis benefícios e graças singulares obtidos, parecem sinais do céu que confirmam a realidade das aparições, a verdade das narrativas da vidente e a difusão da Medalha”.


Novena da Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa

Sinal da Cruz… Ato de Contrição…

Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós (3 vezes)

1º. DIA – 1ª. APARIÇÃO

Contemplamos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça, guiada por seu Anjo da Guarda, é apresentada à Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação. Gozaremos as delícias do Paraíso, se nos privarmos dos gozos terrenos.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

2º. DIA – LÁGRIMAS DE MARIA

Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a Cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos do fruto de suas lágrimas.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

3º. DIA – PROTEÇÃO DE MARIA

Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: “Eu mesma estarei convosco: não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças”. Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

4º. DIA – 2ª. APARIÇÃO

Estando Santa Catarina Labouré em oração, a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nessa aparição se vê seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança e amor!

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

5º. DIA – AS MÃOS DE MARIA

Contemplemos, hoje, Maria desprendendo de suas mãos raios luminosos. “Estes raios, disse ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que mas pedem e aos que trazem com fé minha medalha”. Não desperdicemos tantas graças! Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

6º. DIA – 3ª. APARIÇÃO

Contemplemos Maria, aparecendo a Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha prometendo a todos que a trouxerem, com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a Santa Medalha e, como escudo, ela nos protegerá nos perigos.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

7º. DIA DA NOVENA E 1º. DO TRÍDUO

Ó Virgem Milagrosa, Rainha excelsa, Imaculada Senhora, sede minha advogada, meu refúgio e asilo nesta terra, minha fortaleza e defesa na vida e na morte, meu consolo e glória no céu.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

8º. DIA DA NOVENA E 2º. DO TRÍDUO

Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrasem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

9º. DIA DA NOVENA E 3º. DO TRÍDUO

Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.

– 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós” – Oração Final.

ORAÇÃO FINAL

Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte; e a graça (faz-se o pedido) que peço com toda confiança. Amém.

Imprimatur
Dom Oscar de Oliveira
Arcebispo de Mariana-MG