O Rosário Vivo

Reze uma dezena do rosário por dia e faça parte do Rosário Vivo!

Para participar da Associação Rosário Vivo, basta assumir o compromisso de rezar diariamente 1 dezena do Rosário (será indicado por e-mail qual mistério deverá ser rezado) e colocar a intenção: “EM HONRA DE SANTA FILOMENA E PELO TRIUNFO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA”.

Todos os que se inscreverem receberão a confirmação da inscrição, acompanhada de um santo Escapulário!

Como participar

Forme um grupo de 15 pessoas e preencha o formulário abaixo com o seu nome completo e endereço (para envio das confirmações de inscrição e dos escapulários para todo o grupo) e o nome dos participantes:

Inscrição no Rosário Vivo
* Campos obrigatórios

Responsável pelo grupo

Formação do grupo (junto com o responsável)

Que Nossa Senhora nos ajude hoje e sempre!

Em Jesus, Maria, São José e Santa Filomena,
Francisco M
Correspondente do Rosário Vivo no Brasil

Sobre o Rosário Vivo

O Rosário Vivo foi idealizado na França, em 8 de dezembro de 1826, por Pauline-Marie Jaricot como “Associação do Rosário Vivo para defender e reavivar a fé”.

A associação foi formalmente aprovada pela Igreja Católica através de uma carta canônica em fevereiro de 1827.

Os objetivos do Rosário Vivo eram dois: trazer o povo de França para um modo de vida de oração e distribuir literatura católica e artigos devocionais.

Depois da morte de Pauline, em 1862, A Associação do Rosário Vivo lentamente desapareceu. É preciso revivê-la.

Através do Rosário Vivo vamos unir os corações pelos merecimentos de Jesus e Maria, para obter a conversão dos pecadores, pela Igreja, pela conservação da Fé nos países cristãos e pela expansão da Fé no mundo todo.

Especificamente, do que se trata?

A intenção é de criar um ou mais grupos de 15 pessoas (devido aos 15 mistérios do Rosário). Cada membro de uma quinzena assume o compromisso de rezar individualmente uma dezena do Rosário todos os dias, meditando um mistério (os mistérios são repartidos pelo responsável). Um Rosário inteiro é, portanto, recitado pelo grupo, todos os dias. É fixada uma intenção principal, mas cada um pode unir outras intenções pessoais.

Pauline-Marie Jaricot aconselhava de compor cada grupo com pessoas “boas, medíocres e algumas outras que têm a boa vontade de rezar”. Assim, dos 15 pedaços de carvão reunidos, “um só está bem iluminado, 3 ou 4 o são pela metade e outros, não. Mas juntos, temos uma fogueira!”.

O Rosário vivo tem muitas vantagens: ele nos obriga a rezar regularmente (uma dezena por dia está na ordem do possível), promove a comunhão dos santos e permite obter muitas graças.

Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!

“Não sabes rezar?
E que oração mais bela e a Mim mais aceita que o ato de amor?”

A Obra das Almas Pequeníssimas é a união de todas as pessoas que se propõem a seguir o caminho da infância espiritual, na observância dos três deveres (ver abaixo), cuja aceitação não significa ter que se afastar dos deveres próprios de seu estado e das devoções particulares.

A Obra não é uma associação com sede, estatutos, distintivos e diplomas, pois existe apenas no coração das pessoas.

A vida da infância espiritual não é novidade quanto à doutrina e não vem dos homens. É do Evangelho (Mt 18, 3-4 e 11,25-26; Mc 10,14-15).


ConsolataA quem Jesus ensinou o Ato de Amor?

A Irmã Consolata Beltrone (1903 – 1946), religiosa capuchinha italiana, foi escolhida por Deus para confirmar ao mundo a doutrina do Caminho da Infância Espiritual já ensinada por Santa Teresinha do Menino Jesus, dando-lhe agora uma forma simples, concreta e fácil de ser praticada por todos, homens e mulheres, leigos e religiosos.

– Leia o livro O Coração de Jesus ao Mundo (Edições Loyola)

Ser alma pequeníssima e participar da Obra significa cumprir estes três deveres:

1. O Ato de Amor: “Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”, repetido incessantemente ou freqüentemente, com o coração (não é necessário mover os lábios), no decorrer do dia, desde o despertar até o adormecer;

2. A Caridade com um sorriso, vendo e tratando Jesus em todos;

3. A aceitação da Vontade de Deus, com um “Obrigado, meu Jesus!”


Promessas de Jesus para cada Ato de Amor

Cada vez que se pronuncia o Ato de Amor:
“Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”,
uma alma é salva!

É ato puro e perfeito de amor, com o qual se dá a Deus o que mais Lhe agrada: amor e almas.

É ato de caridade perfeita pela incessante súplica em favor de todas as almas, as da Igreja Militante (que somos nós, os vivos) e as da Igreja Padecente (as almas do Purgatório).

Repetido freqüentemente, a todo momento e em qualquer lugar, atrai uma chuva de graças particulares, e, sobretudo, prepara o triunfo da Misericórdia Divina nos corações humanos: um novo Pentecostes em escala mundial.

O Ato de Amor é para todos e para tudo. Pode-se rezar:

“Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas e curai-me!”
ou: “… e curai (nome do doente)”;
“… e libertai (nome) do vício do álcool, das drogas”;
“… e protegei… (iniciativas, viagens,…)”;
“… e iluminai… (estudos, falta de fé)”;
“… e convertei… (ateus, espíritas, esotéricos…)”;
“… e uni… (casais separados…)”;
“… e confortai-me (falecimento de parentes)…

Como participar da Obra

A pessoa que se interessar em participar desta Obra deve proceder sem precipitação, procurando certificar-se de que tal impulso seja realmente fruto da graça de Deus e não proveniente de efêmero entusiasmo.

Pedirá luz a Deus, com oração mais assídua.

Meditará sobre os três deveres das almas pequeninas.

Observará que os deveres de nº. 2 e 3 já integram a vida espiritual de todo cristão consciente e cumpridor de seus deveres.

Restará, pois, aceitar e cumprir a obrigação de pronunciar o Ato de Amor, sem abandonar os deveres de seu estado ou suas devoções particulares.
Iniciará, de imediato, a exercitar-se por algum tempo, sem compromisso formal, pronunciando mais com o coração, o ato incessante de amor: “Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!”, repetido o dia inteiro, desde o acordar até o adormecer. Em qualquer lugar e em qualquer circunstância, sempre há oportunidade para pronunciar o Ato de Amor, mesmo no desempenho de nossos deveres, no lar, estudo ou trabalho.

Divulgue a Obra, entregando folhetos e esclarecendo os três deveres. Rezem em conjunto o Terço do Amor, continuação do Ato de Amor, pois este se inicia logo ao despertar até o adormecer.

As pessoas que por qualquer motivo não podem tributar a Jesus o Ato de Amor de forma ininterrupta podem participar com o Ato de Amor freqüente. Recorrendo ao auxílio e proteção de Nossa Senhora Menina, quem se propuser seguir este caminho de amor conseguirá entrar em contínua intimidade com Nosso Senhor e não lhe será difícil aumentar cada vez mais o número de vezes em que repetirá o Ato de Amor, até conseguir pronunciá-lo em todos os momentos e em qualquer lugar, hora por hora, minuto a minuto.

Não cometeria pecado, nem mesmo venial, quem, por inadvertência, ainda que voluntária, se descuidasse da prática do Ato Incessante de Amor. Somente se privaria do mérito e dos frutos dos atos de amor omitidos.

Inicie sempre suas cartas com o Ato de Amor:
«Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!»

Protetores das Almas Pequeníssimas

Nossa Senhora Menina é a Protetora das Almas Pequeníssimas. Ela é a primeira e a mais perfeita das pequeníssimas. A festa da Natividade de Nossa Senhora é dia 8 de setembro. É a festa das almas pequeninas, a nossa festa.
São José é o Patrono da Obra e zela para que nada falte. Sua festa é 19 de março.
Santos Anjos – participam intensamente dos trabalhos da Obra. Festa em 2 de outubro.

Peça folhetos grátis com maiores informações
sobre a Obra das Almas Pequeníssimas:
Caixa Postal 265
Botucatu – SP
CEP: 18603-970

Ladainha do Santí­ssimo Nome de Jesus

Senhor, tende piedade de nós.
  Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
  Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
  Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
  Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
  Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo, que sois Deus,
Espírito Santo, que sois Deus,
Santíssima Trindade, que sois um só Deus,

Jesus, Filho de Deus vivo, tende piedade de nós.
Jesus, Esplendor do Pai,
Jesus, Pureza da luz eterna,
Jesus, Rei da glória,
Jesus, Sol de justiça,
Jesus, Filho da Virgem Maria,
Jesus, amável,
Jesus, admirável,
Jesus, Deus forte,
Jesus, Pai dos séculos futuros,
Jesus, poderosíssimo,
Jesus, pacientíssimo,
Jesus, obedientíssimo,
Jesus, manso e humilde de Coração,
Jesus, Amante da castidade,
Jesus, repleto de amor por nós,
Jesus, Deus da paz,
Jesus, Autor da vida,
Jesus, Exemplar das virtudes,
Jesus, Zelador das almas,
Jesus, nosso Deus,
Jesus, nosso Refúgio,
Jesus, Pai dos pobres,
Jesus, Tesouro dos fiéis,
Jesus, Bom Pastor,
Jesus, Luz verdadeira,
Jesus, Sabedoria eterna,
Jesus, Bondade infinita,
Jesus, nosso Caminho e nossa Vida,
Jesus, Alegria dos Anjos,
Jesus, Rei dos Patriarcas,
Jesus, Mestre dos Apóstolos,
Jesus, Doutor dos Evangelistas,
Jesus, Fortaleza dos Mártires,
Jesus, Luz dos Confessores,
Jesus, Pureza das Virgens,
Jesus, Coroa de todos os santos,

Sede-nos propício, perdoai-nos, Jesus.
Sede-nos propício, ouvi-nos, Jesus.

De todo o mal, livrai-nos, Jesus.
De todo o pecado,
Das ciladas do demónio,
Do espírito de impureza,
Da morte eterna,
Do desprezo das vossas inspirações,
Pelo mistério da vossa Santa Encarnação,
Pelo vosso Nascimento,
Pela vossa Infância,
Pela vossa Vida Divina,
Pelos vossos trabalhos,
Pela vossa agonia e paixão,
Pela vossa cruz e abandono,
Pelas vossas angústias,
Pela vossa Morte e sepultura,
Pela vossa Ressurreição,
Pela vossa Ascensão,
Pela instituição da Santíssima Eucaristia,
Pela vossas alegrias,
Pela vossa glória,
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós, Jesus.
Jesus, ouvi-nos.
  Jesus, ouvi-nos.
Jesus, atendei-nos.
  Jesus, atendei-nos.

– Bendito seja o Nome do Senhor.
– Agora e para sempre.

OREMOS: Deus de bondade e misericórdia, concedei-nos a graça de venerar dignamente, neste tempo de preparação para o Santo Natal, o Mistério da Encarnação do vosso amado Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, a cujo nome santíssimo quisestes que se dobre todo o joelho na terra, nos céus e nos abismos e nele todos os homens se salvem. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém.

Novena em honra de Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe

(festa: 12 de dezembro)

Primeiro Dia
Querida Senhora de Guadalupe, Mãe de santidade, ensinai-me Vossa doçura e força. Ouvi minha humilde prece oferecida com cordial confiança para pedir esta graça…
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Segundo Dia
Ó Maria, concebida sem pecado, venho ao Vosso trono da graça para compartilhar da fervorosa devoção de Vossos fiéis filhos mexicanos que Vos invocam sob o glorioso título Azteca de Guadalupe. Concedei-me uma viva fé para realizar sempre a santa vontade de Vosso Filho: seja feita Sua vontade assim na terra como no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Terceiro Dia
Ó Maria, cujo Coração Imaculado foi ferido por sete espadas de dor, ajudai-me a caminhar corajosamente entre os agudos espinhos que cobrem meu caminho. Concedei-me a força de ser um verdadeiro imitador Vosso. Isto eu Vos peço, minha querida Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quarto Dia
Querida Mãe de Guadalupe, eu Vos peço uma fortalecida vontade de imitar a caridade de Vosso divino Filho, de sempre procurar o bem para os necessitados. Humildemente Vos peço que isto me alcanceis.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quinto Dia
Ó Mãe Santíssima, eu Vos peço que me alcanceis o perdão de todos os meus pecados, abundantes graças para servir Vosso Filho mais fielmente deste momento em diante, e finalmente, a graça de louvá-lO Convosco para sempre no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sexto Dia
Maria, Mãe das vocações, multiplicai as vocações sacerdotais e enchei a terra com casas religiosas que serão luz e calor para o mundo, segurança nas noites tempestuosas. Pedi a Vosso Filho que nos envie muitos sacerdotes e religiosos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sétimo Dia
Ó Senhora de Guadalupe, pedimo-Vos que os pais vivam uma santa vida e eduquem seus filhos de maneira cristã; que os filhos obedeçam e sigam as orientações de seus pais; que todos os membros das famílias rezem e adorem juntos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Oitavo Dia
Com meu coração repleto da mais sincera veneração, eu me prostro diante de Vós, ó Mãe, para Vos pedir que me alcanceis a graça de cumprir os deveres de meu estado de vida com fidelidade e constância.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Nono Dia
Ó Deus, foi agradável a Vós derramar sobre nós incessantes graças, colocando-nos sob a especial proteção da Bem-Aventurada Virgem Maria. Concedei-nos, a Vossos humildes servos, que se rejubilam em honrá-lA hoje sobre a terra, a felicidade de vê-lA face a face no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

O Santo Rosário

Nossa Senhora do RosárioA palavra Rosário significa “Coroa de Rosas”.

Todas as vezes que dizemos uma Ave-Maria é como se déssemos a Nossa Senhora uma linda rosa; com cada Rosário completo Lhe damos uma coroa de rosas.

O Santo Rosário é considerado uma oração completa, porque traz em síntese toda a história da nossa salvação.

Em todas as aparições a Mãe Celeste nos convidou a recitar o Rosário como arma potente contra o mal, para nos levar à verdadeira paz.

(do site “O Santo Rosário”)


O Rosário completo é formado atualmente por quatro partes. Como desde o século 19 o Rosário tinha três partes, cada parte é tradicionalmente chamada de “terço”. Cada terço é composto por cinco mistérios de nossa Redenção. Cada mistério, por sua vez, é contemplado com uma meditação própria e a recitação de:

  • um Pai-Nosso,
  • dez Ave-Marias (por isso às vezes se chama um mistério de “dezena”),
  • um Glória ao Pai
  • e jaculatórias segundo o costume da família ou grupo de oração.

Veja, portanto, que os Mistérios são sempre acompanhados de uma meditação.

 

Como recitar o RosárioComo rezar o terço

(seguir a ilustração no sentido horário)

1- Faz-se o Sinal da Cruz; é costume rezar a Invocação ao Espírito Santoinfo Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos Vossos fiéis, e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus, que instruís os corações de Vossos fiéis com a Luz do Espírito Santo, fazei que saibamos apreciar retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém. Reza-se o Oferecimentoinfo Divino Jesus, eu vos ofereço este terço (Rosário) que vou rezar, contemplando os mistérios de nossa Redenção. Concedei-me, pela intercessão de Maria, vossa Mãe Santíssima, a quem me dirijo, as graças necessárias para bem rezá-lo para ganhar as indulgências desta santa devoção. (Pode-se acrescentar o que segue, e também intenções particulares: Ofereço-Vos também em reparação aos Corações de Jesus e Maria, nas intenções do Imaculado Coração de Maria, nas intenções do Santo Padre, pelo Santo Padre e por toda a Igreja, pela santificação do clero e das famílias, pelas vocações sacerdotais, religiosas, missionárias e leigas, pela Paz no mundo, pelo Brasil.). Reza-se então o Credoinfo Creio em Deus Pai, Todo-Poderoso, Criador do Céu e da Terra, e em Jesus Cristo, Seu Único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu ao céu, está sentado à direita de Deus Pai, Todo-Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém..

2- Em honra à Santíssima Trindade, reza-se um  Pai Nossoinfo Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém. e:
a)  uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Pai que nos criou (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor);b) uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Filho que nos salva (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor);c) uma Ave Mariainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém. em honra a Deus Espírito Santo que nos santifica (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém!. da Chama de Amor).

3- No intervalo, um Glóriainfo Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém., a Oração de Fátimainfo Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.; e jaculatórias como for costume.

Repete-se 4, 5 e 6 até o final do Terço ou do Rosário completo:

4- Enuncia-se o Mistério e reza-se o Pai Nossoinfo Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém..

5- Contempla-se o Mistério durante o tempo de dez Ave Mariasinfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.  (ou a Ave Maria com a jaculatóriainfo Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois Vós entre as mulheres e Bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores e derramai sobre a humanidade inteira as graças eficazes da vossa Chama de Amor, agora e na hora da nossa morte. Amém! da Chama de Amor).

6- Após a dezena, no intervalo reza-se um um Glóriainfo Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre.Amém.; Oração de Fátimainfo Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.; jaculatórias como for costume.

7- Reza-se o Agradecimento:

Infinitas graças vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo do vosso poderoso amparo e, para mais vos obrigar, vos saudamos com uma Salve Rainha:

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!
A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva.
A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, Advogada nossa, esses Vossos olhos misericordiosos a nós volvei,
e, depois deste desterro, mostrai-nos a Jesus, bendito fruto de Vosso ventre,
ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
V. Rogai por nós, santa Mãe de Deus,
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém.


Sinal da Cruz.

Também se pode rezar, após a Salve Rainha, a Invocação a São Miguel Arcanjo e a oração a São José.

 

Os mistérios do Rosário

Na primeira parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Gozosos, que contemplam a encarnação do Filho de Deus e Sua missão no mundo:

Anunciação a Maria Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel Nascimento de Jesus Apresentação do Menino Jesus no Templo e purificação de Nossa Senhora Perda e encontro do Menino Jesus no Templo

1º- Anunciação a Maria;
2º- Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel;
3º- Nascimento de Jesus;
4º- Apresentação do Menino Jesus no Templo e purificação de Nossa Senhora;
5º- Perda e encontro do Menino Jesus no Templo.

Na segunda parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Luminosos, que contemplam a revelação do Reino de Deus já personificado em Jesus:

Batismo de Jesus no rio Jordão Auto-revelação de Jesus nas Bodas de Caná Anúncio do Reino de Deus por Jesus, com o convite à conversão Transfiguração de Jesus Instituição da Eucaristia

1º- Batismo de Jesus no rio Jordão;
2º- Auto-revelação de Jesus nas Bodas de Caná, quando transforma a água em vinho;
3º- Anúncio do Reino de Deus por Jesus, com o convite à conversão;
4º- Transfiguração de Jesus;
5º- Instituição da Eucaristia.

Na terceira parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Dolorosos, que contemplam a Paixão e Morte de Jesus:

Agonia de Jesus no Horto Flagelação de Jesus Coroação de espinhos Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário Crucifixão e morte de Jesus

1º- Agonia de Jesus no Horto;
2º- Flagelação de Jesus;
3º- Coroação de espinhos;
4º- Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário;
5º- Crucifixão e morte de Jesus.

Na quarta parte do Rosário, contemplamos os cinco Mistérios Gloriosos, que contemplam a vitória de Jesus sobre a morte, o nascimento da Igreja e a glorificação de Maria:

Ressurreição de Jesus Ascensão de Jesus ao Céu Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos Assunção de Maria Coroação de Maria no Céu

1o– Ressurreição de Jesus;
2o– Ascensão de Jesus ao Céu;
3o– Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos;
4o– Assunção de Maria;
5o– Coroação de Maria no Céu.

Sugestões para a récita do Rosário

O Rosário durante a semana:

– os Mistérios Gozosos às segundas-feiras e sábados, e nos domingos do Advento;

– os Mistérios Luminosos às quintas-feiras;

– os Mistérios Dolorosos às terças e sextas-feiras, e nos domingos da Quaresma;

– os Mistérios Gloriosos às quartas-feiras e domingos do tempo Pascal e Comum.

Quando não se reza o Rosário inteiro, pode-se recitar um só terço, ou então as dezenas separadamente, contanto que se complete ao menos um terço no mesmo dia.

Para participar do Movimento do Rosário Permanente, é preciso apenas rezar um Rosário completo uma vez por mês.

Mas, sempre que possível, deve-se rezar o Rosário inteiro todos os dias. Sugere-se rezar assim:

O Rosário ao longo do dia:

– os Mistérios Gozosos pela manhã;

– os Mistérios Luminosos ao meio-dia;

– os Mistérios Dolorosos à tarde, de preferência às 15hs, junto com o Terço da Misericórdia;

– os Mistérios Gloriosos no final da tarde ou à noite.

Sendo possível rezar o Rosário completo de uma vez, é ainda melhor!

Devoção à Divina Misericórdia

primeira imagem de Jesus Misericordioso

A devoção à Divina Misericórdia foi pedida por Jesus à Irmã Faustina Kowalska, na Polônia.

As formas dessa devoção, de extrema eficácia à salvação das almas, são:

  • a Imagem,
  • a Festa (1º domingo depois da Páscoa),
  • a Novena,
  • o Terço, e
  • a Hora da Misericórdia Divina (às três horas da tarde).

Irmã Faustina foi beatificada em 1994 e canonizada em 30 de abril de 2000, sendo agora invocada como Santa Maria Faustina do Santíssimo Sacramento.

 

A Hora da Misericórdia

Em 1933, Deus ofereceu a Irmã Faustina uma impressionante visão de Sua Misericórdia. A Irmã nos conta:

“Vi uma grande luz, e nela Deus Pai. Entre esta luz e a Terra vi Jesus pregado na Cruz de tal maneira que Deus, querendo olhar para a Terra, tinha que olhar através das chagas de Jesus. E compreendi que, somente por causa de Jesus, Deus está abençoando a Terra.”

Jesus disse à Irmã Faustina:

“Às três horas da tarde implora à Minha Misericórdia, especialmente pelos pecadores, e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande Misericórdia para o mundo inteiro.”

“Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir em nome da Minha Paixão.”

“Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o bater do relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Invoca a sua onipotência em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento ela está largamente aberta para cada alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Naquela hora, o mundo inteiro recebeu uma grande graça: a Misericórdia venceu a Justiça.
Procura rezar nessa hora a Via-Sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes rezar a Via-Sacra, entra ao menos por um momento na capela, e adora a meu Coração, que está cheio de Misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento.”

O Terço da Misericórdia

Em 13 de setembro de 1935, Irmã Faustina escreve:

“Eu vi um anjo, o executor da cólera de Deus… a ponto de atingir a terra … Eu comecei a implorar intensamente a Deus pelo mundo, com palavras que ouvia interiormente. À medida em que assim rezava, vi que o anjo ficava desamparado, e não mais podia executar a justa punição…”

No dia seguinte, uma voz interior lhe ensinou esta oração nas contas do rosário: o Terço da Misericórdia.

Disse Jesus a Irmã Faustina:

“Pela recitação desse Terço agrada-me dar tudo que Me pedem. Quando o recitarem os pecadores empedernidos, encherei suas almas de paz, e a hora da morte deles será feliz.”

“….Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso”.

Esse terço é rezado no terço comum, substituindo as orações do terço como indicado:

No início:

Pai Nosso, Ave-Maria, Credo

Nas contas do Pai Nosso:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue,
Alma e Divindade,
de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo
em expiação de nossos pecados
e dos do mundo inteiro.

Nas contas da Ave-Maria:

Pela Sua dolorosa Paixão,
tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

Ao fim do terço, rezar três vezes:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal,
tende piedade de nós e do mundo inteiro.

A Festa da Misericórdia

O Diário de Irmã Faustina contém pelo menos quinze ocasiões nas quais se refere ao pedido do Senhor para que fosse estabelecida em toda a Igreja, oficialmente, a “Festa da Misericórdia”. Ele disse:

“Desejo que a Festa de Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores. Nesse dia estão abertas as entranhas da minha Misericórdia. Derramo todo o mar de graças nas almas que se aproximarem da fonte da minha Misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e castigos. Nesse dia estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças.

Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como escarlate…

A Festa da Misericórdia saiu das minhas entranhas…

Desejo que seja celebrada solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa. A humanidade não terá paz enquanto não se voltar à fonte da minha Misericórdia.”
(Diário nº.699)

Jesus também pediu que a Festa da Divina Misericórdia fosse precedida por uma Novena à Divina Misericórdia, a ser iniciada na Sexta-Feira Santa. Ele deu a Irmã Faustina uma intenção pela qual rezar a cada dia da Novena. Em seu diário, Irmã Faustina relata que Jesus lhe disse:

“Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai…

Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas.”
(Diário nº.1209)

Mais informações no site da devoção no Brasil:
Divina Misericórdia (Padres Marianos)