Reflexões para confissões

(Diocese de São José dos Campos,SP)

Reflexão à luz da Palavra

           Sacramento da reconciliação:
           exame de consciência,
           arrependimento,

folheto confissoes            bom propósito,
           confissão dos pecados,
           penitência.

Faça uma reflexão sobre a sua condição de pecador e sobre a misericórdia do Senhor.

Jesus diz:

“Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores” (Mt 9,13)

“Haverá mais alegria no Céu por um só pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não precisam se arrepender” (Lc 15,7)

“Se perdoardes aos outros as ofensas que eles vos fizeram, também vosso Pai celeste vos perdoará. Mas, se não lhes perdoardes, também o vosso Pai não vos perdoará” (Mt 9,13)

Disse Jesus aos Apóstolos:

“Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados. A quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos” (Jo 20,22-23)


Exame de consciência

I- O Senhor diz: “Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma” (Dt 6,5)

Que lugar ocupa Deus na minha vida? Amo verdadeiramente a Deus com todo o meu coração, ou vivo apenas preocupado com as coisas materiais – trabalho, negócios, riquezas, bem-estar temporal?

Procuro cultivar a minha fé e a minha formação cristã, participando de cursos, lendo a Bíblia, o catecismo, etc?

Rezo todos os dias e procuro que os meus familiares também rezem? Participo habitualmente da Missa aos domingos e dias santos, ou falto sem motivo justificado?

Respeito os bens alheios? Recusei-me, sem razão, a dar ou a emprestar?

Consagro a Deus o meu trabalho, estudo, doença? Nas dificuldades, recorro a Deus comfé e perseverança, ou consulto benzedeiras, centros, seitas e outras coisas que não condizem com a fé?

Colaboro nas atividades apostólicas da minha paróquia, ou vivo completamente à margem? Contribuo com o Dízimo?

II- O Senhor diz: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” (Jo 15,12)

Reparto os meus bens com os que são mais pobres do que eu? Ou sou avarento e egoísta, querendo sempre o melhor para mim?

Dedico parte do meu tempo aos doentes, à catequese, aos marginalizados? Por quanto depende de mim, defendo os oprimidos?

Sou honesto no emprego, sério no trabalho e nos negócios? Apodero-me do que não é meu? Prejudico os outros? Engano-os? Faço juízos temerários, critico, rogo pragas, alimento ódio contra alguém?

Como filho: sou obediente e respeitador com os meus pais? Ajudo-os nas necessidades espirituais e materiais? Dou-me bem com os irmãos?

Como pai ou mãe: sou solícito na educação e formação cristã dos meus filhos? Sou demasiado exigente e intolerante para com as suas faltas, originando conflitos desnecessários?

Como marido ou esposa: sou fiel e amo com todo o coração? Observo a lei moral e cristã no uso do matrimônio? Aceito como dom de Deus os filhos, ou tento eliminá-los provocando o aborto? Aconselhei ou colaborei para que alguém fizesse o mesmo?
III- O Senhor diz: “Sede perfeitos, como o vosso Pai do Céu” (Mt 5,48)

Procuro viver na presença de Dues, fazendo o possível para O agradar, ouvivo como se Deus não existisse? Recorro ao sacramento da reconciliação quando tenho necessidade? Comungo com freqüência?

Suporto com paciência e espírito de fé as contrariedades da vida?

Guardo os meus sentimentos e todo o meu corpo na pureza e na castidade, como templo que sou do Espírito Santo?

Na condução de veículos, respeito as regras de trânsito? Uso todas as cautelas para não pôr em risco a minha própria vida e a dos outros?

Abuso da comida ou da bebida? Tomo ou contribuo para que os outros tomem drogas prejudiciais à saúde?

Provoco escândalo com as minhas conversas, atitudes, maneiras de vestir? Deleito-me a ver filmes, programas de TV ou fotografias imorais?
Confissão

É o momento de apresentar-se ao sacerdote, e com muita naturalidade, confessar os pecados. É preciso ser claro e objetivo, sem justificações. Há outras pessoas que esperam para ser atendidas.

Ato de Contrição

Invoquemos a misericórdia de Deus!

Tende piedade de mim, ó Deus, pela vossa grande misericórdia a apagai os meus pecados. Crieri em mim, ó Deus, um coração puro. (Sl 50)

Meu Jesus, crucificdo por minha culpa, estou arrependido por ter pecado, pois ofendi a Vós, que sois tão bom, e mereci ser castigado neste mundo e no outro. Perdoai-me, Senhor, não quero mais pecar.

Terminada a confissão, o sacerdote pronuncia as palavras da absolvição fazendo sobre você o sinal da cruz.

Coragem, filho! Os teus pecados estão perdoados. Vai em paz e o Senhor te acompanhe! (Mt 9,2)
Gratidão

Agradeça a Deus repetindo algumas destas expressões:

A bondade do Senhor veio em meu auxílio!

A minha alma glorifica ao Senhor e o meu coração exulta de alegria em Deus, meu Salvador! (Lc 1,46-47)

Dou-vos graças, Senhor, por todos os vossos benefícios.

 

Não se esqueça de cumprir a penitência com orações e obras de caridade

 

Saiba:

PECADO ESQUECIDO na confissão fica perdoado se eu fiz bem o exame de consciência.

PECADO ESCONDIDO na confissão não fica perdoado e eu não posso comungar e tenho que fazer outra confissão.

Está errado pôr comida limpa em prato sujo. Está errado receber a Jesus num coração sujo de pecado grande.

Primeiro a gente lava o prato e depois põe a comida.

Primeiro eu tenho que lavar minha alma com uma confissão bem feita e depois ir receber a Jesus na Hóstia.

(São Paulo, na sua 1ª Carta aos Coríntios, Cap 11,23-29, lembra-nos disto)

 

Reconhecer-se Pecador

Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos e a verdade não está em nós. Se confessarmos nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar os peados e nos purificar de toda a culpa. (1ª carta de São João, Cap 1,8-9)

O pecado é aquele egoísmo que vai tomando conta de nós e faz com que negligencemos os nossos deveres para com Deus, para com os outros (pecado social) e até para conosco mesmos.

“Eu me confesso assim…”

EU ME ESCLAREÇO

confissaoConfissão é o meio certo de eu receber o perdão de meus pecados. Foi Jesus quem deu aos padres o poder de perdoar os nossos pecados. Jesus falou: – ‘A quem vocês perdoarem os pecados, os pecados serão perdoados’.
Isso está no Evangelho de São João, capítulo 20, versículo 19 ao 23.

Só a confissão bem feita é que perdoa os pecados.
Para a confissão ser bem feita, eu preciso:
* do EXAME para eu achar os meus pecados
* do ARREPENDIMENTO para eu ter mágoa de ter desobedecido a Deus (Lc 18,13; Mt 26,75; Lc 15,21)
* do PROPÓSITO e da vontade séria de não querer pecar mais.
* da CONFISSÃO para eu contar meus pecados ao padre
* da SATISFAÇÃO para eu rezar aquilo que o padre mandar.

PECADO ESQUECIDO na confissão fica perdoado se eu fiz bem o exame de consciência.
PECADO ESCONDIDO na confissão não fica perdoado e eu não posso comungar e tenho de fazer outra confissão.

Está errado pôr comida limpa em prato sujo. Está errado receber a Jesus num coração sujo de pecado grande.
Primeiro a gente lava o prato e depois põe a comida.
Primeiro eu tenho de lavar minha alma com uma confissão bem feita e depois ir receber a Jesus na Hóstia.
São Paulo, na sua 1a. carta aos Coríntios, cap.11,23-29, nos lembra disto.

RECONHECER-SE PECADOR

Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos e a verdade não está em nós. Se confessarmos nossos pecados, DEUS é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a culpa. (1a. carta de S.João cap.1,8-9)

O pecado é aquele egoísmo que vai tomando conta de nós e faz com que negligenciemos os nossos deveres para com DEUS para com os outros, (pecado social) e até para conosco mesmos.

EXAME DE CONSCIÊNCIA

1. deixei de rezar de manhã, de tarde, de noite.
2. faltei à S.Missa aos Domingos (ao culto dominical).
3. na Santa Missa fiquei fora da Igreja.
4. fui à S.Missa só para agradar a Meus pais, à namorada.
5. fui à S.Missa com roupas indecentes.
6. por minha culpa, cheguei tarde à S.Missa.
7. por minha culpa, rezei mal. Conversei na Igreja.
8. deixei de estudar a Religião.
9. duvidei de alguma verdade da Religião.
10. tive vergonha de praticar minha Religião.

11. perdi a fé em Deus.
12. fui ao espiritismo, fui à macumba, fui a benzedeiras.
13. acreditei em horóscopo, acreditei em IEMANJÁ.
14. falei o NOME DE DEUS sem respeito.
15. jurei por Deus, jurei falso.
16. blasfemei ou disse palavras injuriosas contra Deus.
17. fiz promessa e depois não quis cumprir.
18. não fiz a Páscoa (confissão e comunhão).
19. sem necessidade, trabalhei nos Domingos.
20. desobedeci, fui malcriado, xinguei meus pais.

21. com meu mau comportamento, entristeci meus pais.
22. pensei mal dos outros, falei mal dos outros.
23. falei mentiras, fiz fofocas, fiz intrigas.
24. caluniei os outros em coisa grave.
25. roguei pragas nos outros.
26. briguei sério com os outros.
27. guardei raiva, pensei em vingança.
28. xinguei os outros com palavras pesadas.
29. bati gravemente nos outros.
30. desejei um grande mal aos outros.

31. fui culpado do pecado dos outros.
32. convidei os outros para pecar.
33. maltratei os animais.
34. por querer, olhei e pensei coisas indecentes.
35. conversei e li coisas indecentes.
36. não afastei os desejos de fazer coisas indecentes.
37. fiz atos indecentes no meu corpo.
38. fiz atos indecentes com pessoas solteiras, casadas.
39. tirei a honra de alguma menina.
40. provoquei os rapazes a fazer coisas indecentes comigo.

41. usei roupas indecentes.
42. assisti a filmes e novelas indecentes.
43. tomei parte em divertimentos perigosos para minha moral.
44. namorei sem querer casar com a pessoa.
45. já pedi prova de amor à minha namorada.
46. já me entreguei ao meu namorado.
47. namorei pessoas casadas, divorciadas.
48. tomei pílulas para não ficar grávida.
49. evitei filhos por meios proibidos pela Igreja.
50. liguei as trompas.

51. fiz aborto. (*)
52. aconselhei e ajudei alguém a abortar. (*)
53. roubei coisa importante, e ainda não restituí.
54. comprei coisa roubada, e ainda não entreguei ao dono.
55. dei prejuízo grande aos outros e ainda não paguei.
56. comprei e não paguei, pedi emprestado e não devolvi.
57. gastei dinheiro à toa, fui ganancioso.
58. fui guloso, bebi demais, e fiquei embriagado.
59. fumei maconha, tomei bolinhas, tomei picadas.
60. por querer, abandonei os estudos ou o emprego.

61. vivo vadiando, sem fazer nada.
62. fiz confissão mal feita e não reparei.
63. por querer, comunguei com pecado grande.
64. pequei, dizendo antes de pecar: “depois vou me confessar”.

(DO FOLHETO: “EU, JOVEM, ME CONFESSO…” Frei Raul de L. Serta OCD)

(*) A Igreja considera o aborto provocado, qualquer que seja o método ou técnicas caseiras, um pecado gravíssimo. Impõe a excomunhão a todos os que tomam parte nele, consciente e voluntariamente (mulher, marido, amante, pai, familiares, médicos, farmacêuticos, enfermeiras, parteiras, etc.) – Direito Canônico – Ca.1398

EU ME CONFESSO

Depois do EXAME, eu rezo assim: Meu Deus venho pedir perdão de meus pecados. Imploro vossa Misericórdia e vossa Graça para fazer uma boa confissão. Enviai-me o Espírito Santo para conhecer quanto pequei, as suas causas e os meios de os evitar. Amém.

* Depois eu vou ao padre.
* O padre vai me perdoar em nome de Deus.

EU REZO O ATO DE CONTRIÇÃO

Meu Jesus, crucificado por minha culpa, estou muito arrependido de ter pecado, pois ofendi a Vós, que sois tão bom, e mereci ser castigado neste mundo e no outro. Mas perdoai-me Senhor, não quero mais pecar.

VOU MUDAR DE VIDA

* Vou rezar todos os dias. (No sermão da montanha: Mt 6,6-13)
* Vou reler os mandamentos. (Jesus e o jovem Lc 18,18-23)
* Vou seguir Jesus. (Jo 14,15-17)
* Vou ler um bom livro. (2Tim 3,16)
* Vou me confessar muitas vezes por ano.

JESUS ME ACONSELHA

* Filho, você pecou?… Não volte ao pecado. (Jo 8,11)
* Não faça o mal, e ele não cairá sobre você.
* Honre seu pai… para descer sobre você a minha bênção.
* Não despreze os conselhos de sua mãe. (Prov.1,8)
* FUJA DO PECADO, como se foge de uma cobra. (Mt 26,41)

SANTA TERESA E A CONFISSÃO

Um dia Sta. Teresa viu multas almas caindo no inferno. Ela perguntou a Jesus por que aquelas almas caíam no inferno.

Jesus respondeu: “Por causa das confissões mal feitas”.

Então Sta. Teresa escreveu logo a um padre: “Padre, pregue muitas vezes contra as confissões mal feitas, porque é esse o laço do demônio para pegar as almas”.

o o o O o O o O o o o
dos folhetos de Pe.Basilio – PIRACEMA MG