CoroinhaNovenaOraçãoCordãoÓleo


Coroinha de Santa Filomena

A Coroinha de Santa Filomena é um pequeno rosário formado por contas brancas e vermelhas. Reza-se assim:
1 Credo… (na medalha)
3 Pai-Nossos (nas contas brancas) em honra da Santíssima Trindade, por cuja glória Santa Filomena deu a vida.
13 Ave-Marias (nas contas vermelhas) em louvor dos 13 anos em que viveu na terra a Virgem Mártir.
A cada Ave-Maria acrescenta-se a jaculatória:

Santa Filomena, pelo sangue que derramastes por amor a Jesus Cristo, alcançai-me a graça que vos peço.

ou:

Santa Filomena, pelo Vosso amor por Jesus e Maria, rogai por nós.

Termina-se a coroinha na medalha triangular, com uma oração a Santa Filomena:

Ó gloriosa Princesa da Corte Celestial, Santa Filomena, prostrado diante de vós, rememorando as vossas virtudes e prodígios, minha alma engrandece ao Senhor que operou em vós tamanha maravilha de santidade.
Querida Protetora, vinde em meu auxílio para conduzir-me pelos caminhos da virtude, para ser minha fortaleza em face do inimigo infernal, para me trazer do Coração de Jesus a riqueza dos auxílios divinos que são pra este devoto a saúde, a paz do coração, a solução de minhas dificuldades, o bem-estar de minha família e o consolo em toda tribulação.
Milagrosa Santa Filomena, em Vós confio! Amém.

(também se reza a Ladainha e uma Salve Rainha)
Aprovada
+ Delfim, Bispo Diocesano
Leopoldina, 8-3-1960


Novena a Santa Filomena
(do Rosário Vivo)

Ó grande Santa Filomena, gloriosa Virgem e Mártir, maravilhosa operária de nosso tempo, obtende para mim pureza de corpo e alma, pureza de coração e desejo, pureza de pensamento e afeição.
Pela vossa paciência sob multiplicados sofrimentos, obtende para mim uma aceitação submissa de todas as aflições que Deus permita me enviar e como escapastes miraculosamente ilesa das águas do Tibre, dentro do qual fostes lançada por ordem de vosso perseguidor, assim possa eu passar pelas águas da tribulação sem a perda da minha alma. Em adição a estes favores, obtende para mim, ó fiel esposa de Jesus, a intenção particular que eu fervorosamente recomendo a vós neste momento…
Ó Virgem pura e Santa Mártir, dignai-vos lançar um olhar de piedade do céu sobre o vosso devoto servo, confortai-me na aflição, assisti-me no perigo, acima de tudo vinde em meu socorro na hora da morte.
Protegei os interesses da Igreja de Deus, rogai pela sua exaltação e prosperidade, pela extensão da fé, pelo Sumo Pontífice, pelo clero, pela perseverança dos justos, pela conversão dos pecadores, pelo refrigério das almas do purgatório, especialmente aquelas mais necessitadas da nossa atenção.
Ó grande santa, cujo triunfo nós celebramos sobre a terra, intercedei por mim, para que eu possa um dia contemplar a coroa de glória concedida a vós no céu, e eternamente abençoar Aquele que tão liberalmente recompensa por toda a eternidade os sofrimentos sofridos por Seu amor durante esta curta vida.
Amém.


O Cordão de Santa Filomena

São João Batista Maria Vianney, o Cura d”Ars, foi o maior difusor do uso do Cordão de Santa Filomena. O Papa Leão XIII aprovou o uso do Cordão em 1893 e concedeu indulgências a todos os que o usarem e rezarem esta oração:
Ó Santa Filomena, Virgem e Mártir, rogai por nós para que, por meio de vossa poderosa intercessão, possamos obter a pureza de alma e de coração, que conduz ao perfeito amor de Deus.
Para lucrar as indulgências plenárias com o Cordão é preciso confessar-se, comungar, e visitar alguma igreja ou um doente, rezando pelas intenções do Papa.
Qualquer pessoa pode fazer o Cordão de Santa Filomena, que deve ser feito (crochê) com fios de linho ou lã ou de algodão (linha Clea, Anne). Em suas extremidades, de um lado, o Cordão tem dois nós, e na outra 3 nós, simbolizando a Santíssima Trindade e as Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os fios devem ter quantidades mais ou menos iguais em cores branco e vermelho. O branco simboliza a virgindade de Santa Filomena, e o vermelho seu martírio.
A faculdade para benzer os cordões de Santa Filomena foi dada aos Padres de São Vicente de Paulo, mas atualmente qualquer padre pode benzê-lo validamente. A oração oficial da bênção do Cordão é:

S- “Senhor Jesus, concedei que todos os que usem este cordão mereçam ser preservados de qualquer perigo e recebam a saúde da alma e do corpo.”

O cordão deve ser usado na cintura, sob a roupa, e se possível não ser retirado. Se não for possível usá-lo na cintura, pode-se usá-lo no braço ou na perna.


O Óleo de Santa Filomena

Esse óleo milagroso é retirado de qualquer lamparina que esteja iluminando uma imagem ou estampa de Santa Filomena, para passar no local da enfermidade.