Novena de São Miguel Arcanjo

(21 a 29 de setembro)
V. Deus, vinde em nosso auxílio!
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos!

Ó glorioso S. Miguel, excelso Príncipe das celestiais milícias. Vós, a quem foi reservada a glória de ser o primeiro a pugnar pela honra do Senhor, e que, empunhando o divinal estandarte forte com o poder divino, exclamando: “Quem é como Deus?”, rápido como o relâmpago debelastes os anjos rebeldes e os precipitastes nos abismos, alcançai-nos uma centelha desse vosso zelo ardente, da vossa inabalável fidelidade, para que também nós saibamos, ajudados por vós, e fortes com o Nome de Deus, combater os Seus e nossos inimigos e deles alcançar gloriosa vitória.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Ó glorioso Arcanjo S. Miguel, vós a quem o Senhor entregou a guarda da Sua Igreja, e que constantemente velais sobre ela, dignai-vos ouvir as nossas preces em seu favor.
Vede, ó Arcanjo excelso, que o Dragão, que outrora já vencestes, embora saiba que jamais a poderá vencer, procura a todo custo combatê-la e persegui-la, ora espalhando o espírito de soberba entre os seus filhos, ora tentando com falsas doutrinas iludir os fracos e incautos, ora dirigindo todo o furor dos ímpios contra o seu chefe visível na terra; ah!, socorrei-a, reuni num só aprisco suas desgarradas ovelhas; tornai-as obedientes à voz do Pastor e, precipitando novamente o Dragão aos infernais abismos, alcançai que a Santa Igreja, gloriosa e triunfante, se exalte cada vez mais, e que aumente sempre o número de cristãos, ricos em amor de Deus e santidade.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Ó glorioso São Miguel, nosso Protetor amado, não rejeiteis nossas preces, e dignai-vos de aceitar benignamente os louvores que vos tributa o nosso afeto. Vós que possuis a ventura de gozar do Senhor, sem que jamais vos conturbe o temor de o perder, compadecei-vos de nós, que ainda no desterro e rodeados de mil perigos, tanto carecemos de auxílios; ajudai-nos nos combates desta vida e principalmente no momento terrível em que teremos de comparecer ante o Juiz Supremo! Ah! valha-nos então o vosso patrocínio, ó Príncipe celeste, para que, livres das chamas do Purgatório, possamos convosco gozar para sempre a inefável ventura de ver a Deus e possuí-lO eternamente no Céu. Amém.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Oração
Ó maior, ó mais humilde dos espíritos bem-aventurados, Arcanjo São Miguel, cuja divisa faz fugir o demônio e seus satélites, orai por nós! Obtende-nos o amor de Deus, o desprezo de nós mesmos e o horror do pecado! Praticando estas virtudes, teremos a doce confiança de entrar na Pátria celeste. No momento da terrível passagem, estai junto de nós, santo Arcanjo, que apresentais as almas a Deus. Que vossa espada afaste definitivamente o inimigo de nossa salvação, e gozaremos convosco a possessão eterna da infinita Beleza. Amém.

Devoção a São Miguel Arcanjo

Pequeno exorcismo e ladainha
– Festa: 29 de setembro –

saomiguel_arcanjoSão Miguel, o Arcanjo de Deus na batalha contra Lúcifer e os anjos rebeldes (Apoc 12,7-8), é o primeiro Anjo honrado pelos fiéis, honrado como “o príncipe da milícia celeste”. A São Miguel atribuem-se três funções:

1. a de guiar e conduzir as almas ao céu, depois de tê-las pesado na balança da justiça divina;
2. de defender a Igreja e o povo cristão;
3. de presidir no céu o culto de adoração à SSma. Trindade e oferecer a Deus as orações dos Santos e dos fiéis.

A Invocação a São Miguel Arcanjo (pequeno exorcismo) foi composta pelo Papa Leão XIII.

Invocação a São Miguel Arcanjo

(pequeno Exorcismo)

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate; sede nosso auxílio contra as maldades e ciladas do demônio. Instante e humildemente vos pedimos que Deus sobre ele impere, e vós, Príncipe da milícia celeste, com esse poder divino, precipitai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para a perdição das almas. Amém.

Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.
São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.
São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.
São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.
São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.
São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.
São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.
São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.
São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.
São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.
São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.
São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.
São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.
São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.
São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.
São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.
São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.
São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.
São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, Príncipe da Igreja de Cristo,
para que sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

Oração
Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém.

 

Orações para depois da missa

Era costume rezar estas orações ao término das missas. Alguns devotos de São Miguel têm retomado esta prática piedosa.

(Rezar após o término da Missa, se possível diante do Santíssimo)

3 Ave Marias
Salve Rainha

saomiguel_arcanjoOremos: Deus, refúgio e fortaleza nossa, atendei propício aos clamores de vosso povo, e, pela intercessão da gloriosa e Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, e do bem-aventurado São José, esposo de Maria, de vossos bem-aventurados Apóstolos Pedro e Paulo, e de todos os Santos, ouvi benigno e misericordioso as súplicas que do fundo da alma Vos dirigimos, pela conversão dos pecadores, pela liberdade e exaltação da Santa Igreja.
Pelo mesmo Cristo, Nosso Senhor. Amém.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate; sede nosso refúgio contra as maldades e as ciladas do demônio. Subjugue-o Deus, instantemente o pedimos! E vós, Príncipe da milícia celeste, pelo poder divino, precipitai ao inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

3 vezes:
D: Sacratíssimo Coração de Jesus,
T: Tende piedade de nós.

3 vezes:
D: Coração Imaculado de Maria,
T: Sede a nossa salvação.

Rosário de São Miguel ou Terço dos Anjos

São Miguel ArcanjoHistória desta devoção:
Numa aparição a uma ilustre serva de Deus, toda dedicada ao culto do glorioso São Miguel, Antônia d’Astonoac, em Portugal, este Santo Arcanjo declarou-lhe que desejava que se fizessem em sua honra nova saudações correspondentes aos nove coroes dos Anjos, que consistiriam na recitação de um Pai Nosso e três Ave Marias em honra de cada um dos coros dos Anjos.
Ele prometeu, em retribuição, que aquele que lhe rendesse este culto, teria na ocasião em que se aproximasse da Santa Mesa Eucarística um cortejo de nove Anjos, escolhidos dentre os nove coros de Anjos. Além disso, para a recitação diária destas nove saudações, prometeu a sua assistência e a dos Santos Anjos durante todo o decurso da vida, e depois da morte a libertação do Purgatório para si e seus parentes.

V. Deus, vinde em nosso auxílio
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

Glória ao Pai…

Primeira Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Serafins, para que o Senhor Jesus nos torne dignos de sermos abrasados de uma perfeita caridade.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao primeiro coro de Anjos

Segunda Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Querubins, para que o Senhor Jesus nos conceda a graça de fugirmos do pecado e procurarmos a perfeição cristã.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao segundo coro de Anjos

Terceira Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Tronos, para que Deus derrame em nossos corações o espírito de verdadeira e sincera humildade.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao terceiro coro de Anjos

Quarta Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Dominações, para que o Senhor nos conceda a graça de dominar nossos sentidos, e de nos corrigir das nossas más paixões.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao quarto coro de Anjos

Quinta Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Potestades, para que o Senhor Jesus se digne de proteger nossas almas contra as ciladas e as tentações de Satanás e dos demônios.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao quinto coro de Anjos

Sexta Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro admirável das Virtudes, para que o Senhor não nos deixe cair em tentação, mas que nos livre de todo o mal.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao sexto coro de Anjos

Sétima Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Principados, para que o Senhor encha nossas almas do espírito de uma verdadeira e sincera obediência.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao sétimo coro de Anjos

Oitava Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Arcanjos, para que o Senhor nos conceda o dom da perseverança na fé e nas boas obras, a fim de que possamos chegar a possuir a glória do Paraíso.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao oitavo coro de Anjos

Nona Saudação
Pela intercessão de São Miguel e do coro celeste de todos os Anjos, para que sejamos guardados por eles nesta vida mortal, para sermos conduzidos por eles à glória eterna do Céu.
Amém.
Glória ao Pai… Pai Nosso…
Três Ave-Marias… 
ao nono coro de Anjos

Ao final, reza-se:
Um Pai Nosso em honra de São Miguel Arcanjo.
Um Pai Nosso em honra de São Gabriel.
Um Pai Nosso em honra de São Rafael.
Um Pai Nosso em honra de nosso Anjo da Guarda.

Antífona:
Gloriosíssimo São Miguel, chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo; vós, cuja excelência e virtudes são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei pela vossa incomparável proteção, que adiantemos cada dia mais na fidelidade em servir a Deus.
Amém.
V. Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.
R. Para que sejamos dignos de suas promessas.

Oração
Deus, todo poderoso e eterno, que por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo São Miguel, tornai-nos dignos, nós vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que na hora da nossa morte nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado de sermos introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Nosso Senhor.
Amém.