Ladainha do Santí­ssimo Nome de Jesus

Senhor, tende piedade de nós.
  Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
  Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
  Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
  Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
  Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo, que sois Deus,
Espírito Santo, que sois Deus,
Santíssima Trindade, que sois um só Deus,

Jesus, Filho de Deus vivo, tende piedade de nós.
Jesus, Esplendor do Pai,
Jesus, Pureza da luz eterna,
Jesus, Rei da glória,
Jesus, Sol de justiça,
Jesus, Filho da Virgem Maria,
Jesus, amável,
Jesus, admirável,
Jesus, Deus forte,
Jesus, Pai dos séculos futuros,
Jesus, poderosíssimo,
Jesus, pacientíssimo,
Jesus, obedientíssimo,
Jesus, manso e humilde de Coração,
Jesus, Amante da castidade,
Jesus, repleto de amor por nós,
Jesus, Deus da paz,
Jesus, Autor da vida,
Jesus, Exemplar das virtudes,
Jesus, Zelador das almas,
Jesus, nosso Deus,
Jesus, nosso Refúgio,
Jesus, Pai dos pobres,
Jesus, Tesouro dos fiéis,
Jesus, Bom Pastor,
Jesus, Luz verdadeira,
Jesus, Sabedoria eterna,
Jesus, Bondade infinita,
Jesus, nosso Caminho e nossa Vida,
Jesus, Alegria dos Anjos,
Jesus, Rei dos Patriarcas,
Jesus, Mestre dos Apóstolos,
Jesus, Doutor dos Evangelistas,
Jesus, Fortaleza dos Mártires,
Jesus, Luz dos Confessores,
Jesus, Pureza das Virgens,
Jesus, Coroa de todos os santos,

Sede-nos propício, perdoai-nos, Jesus.
Sede-nos propício, ouvi-nos, Jesus.

De todo o mal, livrai-nos, Jesus.
De todo o pecado,
Das ciladas do demónio,
Do espírito de impureza,
Da morte eterna,
Do desprezo das vossas inspirações,
Pelo mistério da vossa Santa Encarnação,
Pelo vosso Nascimento,
Pela vossa Infância,
Pela vossa Vida Divina,
Pelos vossos trabalhos,
Pela vossa agonia e paixão,
Pela vossa cruz e abandono,
Pelas vossas angústias,
Pela vossa Morte e sepultura,
Pela vossa Ressurreição,
Pela vossa Ascensão,
Pela instituição da Santíssima Eucaristia,
Pela vossas alegrias,
Pela vossa glória,
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Jesus.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós, Jesus.
Jesus, ouvi-nos.
  Jesus, ouvi-nos.
Jesus, atendei-nos.
  Jesus, atendei-nos.

– Bendito seja o Nome do Senhor.
– Agora e para sempre.

OREMOS: Deus de bondade e misericórdia, concedei-nos a graça de venerar dignamente, neste tempo de preparação para o Santo Natal, o Mistério da Encarnação do vosso amado Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, a cujo nome santíssimo quisestes que se dobre todo o joelho na terra, nos céus e nos abismos e nele todos os homens se salvem. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém.

Mensagens de Nossa Senhora Rosa Mística

Montichiari-Fontanelle

[ Aparições em estudo pela Igreja ]

PRIMEIRA APARIÇÃO (PRIMAVERA DE 1.947):
Pierina, enfermeira no hospital de Montichiari, viu em um dos quartos uma senhora muito bonita, de vestido roxo, com um véu branco na cabeça e no peito três espadas. Seu semblante era de muita tristeza. Ela disse a Pierina apenas três palavras:

“Oração, sacrifício e penitência”.

Depois, calou-se e desapareceu.

SEGUNDA APARIÇÃO (13.07.47):
De novo a Senhora aparece a Pierina, numa sala do hospital. Vestia-se de branco e no peito trazia três rosas: uma branca, outra vermelha e a terceira amarelo dourada. Ela nesse dia apresentou-se e disse porque veio e o que queria.

Rosa Mística“Sou a Mãe de Jesus e de todos vós”.

“O Senhor envia-Me a fim de promover uma devoção mariana mais eficaz entre os institutos e congregações religiosas, masculinos e femininos, e entre todos os sacerdotes. Prometo a todos, os que Me honrarem mais, a Minha proteção, o florir de vocações e muitas conversões. Peço que se inicie todo o dia primeiro de cada mês uma trezena. Prometo a todos que fizerem esta trezena muitas graças e santidade de vocações. Desejo que o dia 13 de julho de cada ano seja dedicado a Maria Rosa Mística”.

TERCEIRA APARIÇÃO (22.10.47):
Nossa Senhora aparece novamente a Pierina, desta vez na capela do hospital, e lhe diz, entre outras coisas:

“Coloco-Me como medianeira entre os homens e o Meu Divino Filho e, em particular, entre as almas dos religiosos. Ele está cheio de tristeza com as ofensas que recebe diariamente e quer dar curso a Sua Justiça”.

Depois, desaparecendo, diz:

“Vive de amor”.

QUARTA APARIÇÃO (16.11.47):
Deu-se na igreja de Montichiari e Nossa Senhora disse ainda que o Seu Divino Filho estava muito magoado com as ofensas que continuava a receber dos homens e com os pecados contra a santa pureza.

“Ele está para enviar um dilúvio de castigos… Intervim para implorar ainda a misericórdia, e em reparação peço oração e penitência”

Pierina pergunta-Lhe: Seremos perdoados? – E Nossa Senhora responde:

“Sim, contanto que se combata em toda a parte o pecado da impureza”.

QUINTA APARIÇÃO (22.11.47):
Nesta aparição, Nossa Senhora promete a Pierina que voltará à igreja no dia 8 de dezembro, pelo meio-dia, quando será a “Hora da Graça”. Pierina pergunta-Lhe: O que significa “Hora da Graça?” – Nossa Senhora lhe responde:

“Conversões em massa”.

SEXTA APARIÇÃO (07.12.47):
Nossa Senhora aparece a Pierina, dentro da igreja. Estava envolvida num manto branco e trazia ao lado um menino e uma menina. Neste momento Pierina pôde contemplar o Coração resplandecente de Nossa Senhora e ouvir:

“Quero mostrar o Meu Coração Imaculado que dos homens é muito pouco conhecido”.

Pierina pergunta-Lhe: Quem são estas crianças?

“São Jacinta e Francisco”, responde Nossa Senhora

“Eles a acompanharão nos momentos difíceis pois, embora crianças, menores que você, sofreram bastante. O que peço a você é: bondade e simplicidade como estas crianças”.

E desapareceu.

SÉTIMA APARIÇÃO (08.12.47):
Como toda a população de Montichiari ficou sabendo que Nossa Senhora ia aparecer neste dia, a igreja, ao meio-dia, ficou superlotada. Havia tantas pessoas que Pierina encontrou dificuldades para chegar ao lugar onde estava habituada a rezar.

Ajoelhou-se e deu início à reza do terço. De súbito, exclamou: Oh! A Senhora.

Neste momento, fez-se na igreja silêncio absoluto. Nossa Senhora aparece sorrindo, de pé, sobre uma escadaria branca, enfeitada nas laterais de rosas brancas, vermelhas e amarelas; e disse:

“Eu sou a Imaculada Conceição. Sou a Mãe da Graça, Mãe do Meu Divino Jesus Cristo”.

Descendo os degraus, continuou:

“Aqui em Montichiari, quero ser chamada “Rosa Mística”.

Desejo que todos os anos, no dia 8 de dezembro, tenha lugar, ao meio-dia, a Hora da Graça Universal, quando numerosos favores para a alma e para o corpo serão distribuídos. Os bons não deixem de orar pelos seus irmãos pecadores. Comuniquem, rapidamente, este Meu desejo ao Papa Pio XII, para que a Hora da Graça se transforme num hábito praticado por todos, em todas as partes do mundo”.

Curas: neste dia deram-se duas curas, a de uma criança de 5 ou 6 anos que, por causa da poliomielite, não podia andar nem manter-se de pé, e a de uma moça de 26 anos, que há 12 anos não falava. Ambos ficaram curados instantaneamente.

Maria Rosa Mística e Pierina Gilli
APARIÇÕES EM FONTANELLE (1.966).
A partir de 1966, Pierina mudou-se para Fontanelle (subúrbio rural, a 2km de Montichiari), onde as aparições continuaram, principalmente numa fonte onde Nossa Senhora, num gesto amoroso de humildade, tocou com Seus Dedos a água, batizando-a como “Fonte da Graça”.

Sucederam-se muitas outras aparições nas quais Nossa Senhora reforçava os pedidos que foram feitos desde a primeira. Destacamos duas:

EM 17 DE JANEIRO DE 1.971:
Nossa Senhora volta a insistir a Pierina a respeito da reza do terço, dizendo:

“Um terço bem rezado devotamente é um penhor para qualquer intercessão; é a contemplação dos mistérios da fé.
O Pai Nosso é a prece da união. A prece do Senhor.
O Glória é a prece da glorificação da Santíssima Trindade.
Diga aos Meus filhos que rezem o santo terço”.

EM DATA RECENTE (1.984):
Nossa Senhora pede a Pierina que providencie 40 imagens de “Maria Rosa Mística” tal como ela A via e que as colocasse na escadaria da fonte de Fontanelle. Ela própria iria benzer estas imagens e depois de terem sido bentas, deveriam ser distribuídas pelo mundo todo como uma forma de Nossa Senhora estar presente onde quer que uma destas imagens estivesse. Assim foi feito e no dia 08.09.84 Nossa Senhora aparece nesta fonte, benze estas imagens e diz:

“Como prometi, onde quer que cheguem estas imagens, Eu estarei presente e levo graças abundantes do Senhor”.

E no dia 3 de outubro de 1.984, chega a José Bonifácio, endereçada ao Monsenhor Ângelo Angioni, uma destas 40 imagens. Com ela veio uma carta explicando:

“Esta Madona “Maria Rosa Mística”, Mãe da Igreja, foi entregue hoje para a região de José Bonifácio – Brasil, com a determinação de que se reze onde quer que ela se encontre”.

Pedidos da Mãe Celeste, manifestados nas aparições à vidente Pierina Gilli:

    • Ser o dia 13 de cada mês consagrado a uma especial devoção à Santíssima Virgem, preparando-nos com a oração dos 12 dias anteriores.
    • Ser o dia 13 de julho de cada ano festejado em honra de “Maria Rosa Mística”.
    • No dia 13 de outubro, também de cada ano, tomar parte na Comunhão reparadora
    • A 8 de dezembro de cada ano, celebrar, ao meio-dia, a Hora da Graça Universal.
    • Ir em procissão à Fonte Bendita, com oração de penitência.

Atualmente, a associação de fiéis Rosa Mistica Fontanelle é responsável pela promoção e divulgação da devoção a Nossa Senhora, na localidade de Fontanelle, sob orientação do Bispo de Bréscia.

Devoção a São Miguel Arcanjo

Pequeno exorcismo e ladainha
– Festa: 29 de setembro –

saomiguel_arcanjoSão Miguel, o Arcanjo de Deus na batalha contra Lúcifer e os anjos rebeldes (Apoc 12,7-8), é o primeiro Anjo honrado pelos fiéis, honrado como “o príncipe da milícia celeste”. A São Miguel atribuem-se três funções:

1. a de guiar e conduzir as almas ao céu, depois de tê-las pesado na balança da justiça divina;
2. de defender a Igreja e o povo cristão;
3. de presidir no céu o culto de adoração à SSma. Trindade e oferecer a Deus as orações dos Santos e dos fiéis.

A Invocação a São Miguel Arcanjo (pequeno exorcismo) foi composta pelo Papa Leão XIII.

Invocação a São Miguel Arcanjo

(pequeno Exorcismo)

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate; sede nosso auxílio contra as maldades e ciladas do demônio. Instante e humildemente vos pedimos que Deus sobre ele impere, e vós, Príncipe da milícia celeste, com esse poder divino, precipitai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para a perdição das almas. Amém.

Ladainha de São Miguel

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.

Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santa, que sois um único Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

São Miguel, rogai por nós.
São Miguel, cheio da graça de Deus, rogai por nós.
São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino, rogai por nós.
São Miguel, coroado de honra e de glória, rogai por nós.
São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor, rogai por nós.
São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade, rogai por nós.
São Miguel, guardião do Paraíso, rogai por nós.
São Miguel, guia e consolador do povo israelita, rogai por nós.
São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante, rogai por nós.
São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante, rogai por nós.
São Miguel, Luz dos Anjos, rogai por nós.
São Miguel, baluarte dos Cristãos, rogai por nós.
São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz, rogai por nós.
São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida, rogai por nós.
São Miguel, socorro muito certo, rogai por nós.
São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades, rogai por nós.
São Miguel, arauto da sentença eterna, rogai por nós.
São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório, rogai por nós.
São Miguel, nosso Príncipe, rogai por nós.
São Miguel, nosso Advogado, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, Príncipe da Igreja de Cristo,
para que sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

Oração
Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém.

 

Devoção a Nossa Senhora Rosa Mí­stica

A veneração a Maria como Rosa Mística remonta aos primeiros séculos do Cristianismo. O Hino Acatista, das igrejas do Oriente, tem a invocação “Maria, Rosa Mística, da qual saiu Cristo como milagroso perfume”… As ladainhas lauretanas, que datam de 1587, também já traziam a invocação ””Rosa Mística”.

Tanto nos escritos dos Padres da Igreja, como no culto mariano, aparece o título de Rosa Mística, através dos séculos, para louvar a Mãe de Jesus.

Na Itália, a devoção mais antiga a Rosa Mística está relacionada a uma pequena imagem de Nossa Senhora segurando Menino Jesus no braço esquerdo, tendo na mão direita um galho de roseira com uma flor aberta (na ilustração desta página, aparece coroada e com véu azul, ao centro). Essa imagem foi levada para oMaria Rosa Mística Convento das Irmãs de Caridade em Cormons em 1737, quando aconteceu um primeiro milagre: do braço e da mão da imagem que segura a rosa, escorreu com um abundância um líquido, como suor. Esse fenômeno aconteceu durante 15 dias. Muitos milagres foram registrados desde a efusão da água milagrosa. Em 1885 foi celebrada de maneira particular, no dia 15 de janeiro, a primeira festa da Rosa Mística de Cormons.

Na Alemanha, o Santuário de Rosenberg abriga uma imagem milagrosa de Nossa Senhora Rosa Mística, venerada desde 1738. No pedestal da imagem estão três rosas: uma vermelha, uma amarela e uma branca. Essa imagem está em um nicho com 13 rosas douradas de cada lado, em fileiras e cachos de 3, 4 e 6 flores (na ilustração desta página, imagem à esquerda, abaixo).

A mais conhecida devoção a Rosa Mística é relacionada a aparições de Nossa Senhora a Pierina Gilli, sob esse título. Esses fenômenos ainda não foram analisados pela Igreja, mas a devoção particular se estendeu por todo o mundo. 3 rosasEm Montichiari, Nossa Senhora Rosa Mística se apresentou em 1947 com três rosas sobre o peito: uma vermelha, uma amarela e uma branca, pedindo oração, sacrifício e penitência.

Essas aparições aconteceram em Montichiari e em Fontanelle, subúrbio de Montichiari, na Itália. Os bispos de Bréscia, desde 1966 até os dias de hoje, proibiram a devoção pública a Rosa Mística. No ano de 2001, o bispo atual, Mons. Giulio Sanguineti, determinou a organização da dispensa dos sacramentos e do culto mariano em Fontanelle, estabelecendo um sacerdote responsável pelo atendimento daquela comunidade. Além disso, uma nova associação de fiéis – Rosa Mistica Fontanelle – foi constituída, para a promoção e divulgação da devoção a Nossa Senhora, na localidade de Fontanelle, sob orientação do Bispo de Bréscia.

A Rosa Mística de Montichiari se tornou conhecida pelo mundo todo, de tal maneira que fora da Itália existem 4 santuários associados a essa devoção: no Brasil (em Jambeiro, SP), na Venezuela, no Líbano e na China.

 

Textos e imagem reproduzidos do informativo 3º Milênio nº 21
Fontes consultadas:
Associazione Rosa Mistica Fontanelle
Cormons
Diocese de Bréscia
Haus Maria Rosenberg
Informationen über Kirchen -bzw. Pfarrgemeinden in der Region Westpfalz

Novena em honra de Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe

(festa: 12 de dezembro)

Primeiro Dia
Querida Senhora de Guadalupe, Mãe de santidade, ensinai-me Vossa doçura e força. Ouvi minha humilde prece oferecida com cordial confiança para pedir esta graça…
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Segundo Dia
Ó Maria, concebida sem pecado, venho ao Vosso trono da graça para compartilhar da fervorosa devoção de Vossos fiéis filhos mexicanos que Vos invocam sob o glorioso título Azteca de Guadalupe. Concedei-me uma viva fé para realizar sempre a santa vontade de Vosso Filho: seja feita Sua vontade assim na terra como no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Terceiro Dia
Ó Maria, cujo Coração Imaculado foi ferido por sete espadas de dor, ajudai-me a caminhar corajosamente entre os agudos espinhos que cobrem meu caminho. Concedei-me a força de ser um verdadeiro imitador Vosso. Isto eu Vos peço, minha querida Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quarto Dia
Querida Mãe de Guadalupe, eu Vos peço uma fortalecida vontade de imitar a caridade de Vosso divino Filho, de sempre procurar o bem para os necessitados. Humildemente Vos peço que isto me alcanceis.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Quinto Dia
Ó Mãe Santíssima, eu Vos peço que me alcanceis o perdão de todos os meus pecados, abundantes graças para servir Vosso Filho mais fielmente deste momento em diante, e finalmente, a graça de louvá-lO Convosco para sempre no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sexto Dia
Maria, Mãe das vocações, multiplicai as vocações sacerdotais e enchei a terra com casas religiosas que serão luz e calor para o mundo, segurança nas noites tempestuosas. Pedi a Vosso Filho que nos envie muitos sacerdotes e religiosos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Sétimo Dia
Ó Senhora de Guadalupe, pedimo-Vos que os pais vivam uma santa vida e eduquem seus filhos de maneira cristã; que os filhos obedeçam e sigam as orientações de seus pais; que todos os membros das famílias rezem e adorem juntos. Isto Vos pedimos, ó Mãe.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Oitavo Dia
Com meu coração repleto da mais sincera veneração, eu me prostro diante de Vós, ó Mãe, para Vos pedir que me alcanceis a graça de cumprir os deveres de meu estado de vida com fidelidade e constância.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Nono Dia
Ó Deus, foi agradável a Vós derramar sobre nós incessantes graças, colocando-nos sob a especial proteção da Bem-Aventurada Virgem Maria. Concedei-nos, a Vossos humildes servos, que se rejubilam em honrá-lA hoje sobre a terra, a felicidade de vê-lA face a face no céu.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe(festa: 12 de dezembro; veja Novena)

Nossa Senhora de Guadalupe é invocada como a Padroeira das Américas, protetora das vocações religiosas, das famílias e dos nascituros.

A imagem de Guadalupe

A Virgem Maria enviou o índio Juan Diego ao bispo franciscano Frei Juan de Zumárraga, para pedir a construção de uma igreja. Todavia, o prelado não quis dar crédito à mensagem. Em conseqüência, a Virgem concedeu ao bispo sinais irrefutáveis da autenticidade da notícia.

Estando no monte das aparições, Nossa Senhora disse a Juan Diego que subisse para colher várias flores diferentes e levá-las até Ela. Juan Diego ficou impressionado com a variedade de rosas que encontrou, por não ser estação dessas flores. As rosas estavam cobertas de orvalho, e pareciam pérolas. O alto do morro não tinha terreno apropriado para que lá crescessem flores, ainda mais rosas, e fora de época. Juan Diego apanhou diversas rosas, colocando-as em seu avental (tilma). Nossa Senhora pegou as rosas do manto, colocando-as nele novamente, dizendo que a diversidade de rosas eram a prova e o sinal que ele levaria ao Bispo, contando tudo o que havia visto no monte. Disse também que Juan Diego deveria desdobrar a tilma somente na presença do Bispo.

No palácio do Bispo, os serventes tentaram ver o que Juan Diego carregava. Com cuidado, ele descobriu a tilma que escondia e eles puderam ver algumas flores; ao verem que eram rosas fora de época, ficaram impressionados, ainda mais por verem-nas frescas, tão fragrantes e belas. Estenderam a mão para as rosas, mas, ao tentar pegá-las, elas pareciam pintadas ou estampadas ou costuradas no tecido. Ao relatarem esse fato ao Bispo, ele compreendeu que Juan Diego carregava a prova desejada.

Ao ser admitido na presença do Bispo, Juan Diego contou o que havia visto e feito, renovando a mensagem de Nossa Senhora que pedia a construção de uma igreja no monte das aparições. Então, desdobrou seu manto, onde estavam as rosas; quando elas caíram ao chão, apareceu subitamente o desenho da preciosa imagem de Nossa Senhora, como ela é vista até hoje no templo de Tepeyacac, chamada Nossa Senhora de Guadalupe.

Os olhos da Virgem

Em 1929, Alfonso Marcue, fotógrafo oficial da antiga Basílica de Guadalupe na Cidade do México, teve a impressão de ver a imagem de um homem de barba refletido no olho direito da Virgem. Mais de 20 anos depois, José Carlos Salinas-Chavez redescobriu a imagem, localizando-a também no olho esquerdo.

O oftalmologista Aste Tonsmann, cuja profissão era a de captar as imagens da Terra transmitidas do espaço pelos satélites artificiais, “digitalizou”, no ano de 1980, a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, e os resultados foram surpreendentes.

Os pormenores que se observaram na íris da imagem são: um índio no ato de desdobrar sua tilma perante um franciscano; o próprio franciscano, em cujo rosto se vê escorrer uma lágrima; uma pessoa muito jovem, tendo a mão sobre a barba com ar de consternação; um índio com o torso desnudo, em atitude quase orante; uma mulher de cabelo crespo, provavelmente uma negra, serviçal do bispo; um varão, uma mulher e umas crianças com a cabeça meio raspadas; e mais outros religiosos vestidos com hábito franciscano. Isto é: o mesmo episódio relatado em língua náhualt por um anônimo escrito indígena na primeira metade do século XVI e editado em náhualt e em espanhol por Lasso de La Veja em 1649.

O que é radicalmente impossível, é que num espaço tão pequeno como a córnea de um olho, situada numa imagem de tamanho aproximado ao natural, um miniaturista tenha podido pintar aquilo que foi necessário ampliar duas mil vezes para que pudesse ser percebido.

A família na pupila dos olhos de Maria

Análise dos olhos da imagem de Guadalupe

Talvez um dos aspectos mais fascinantes é que Nossa Senhora não só nos deixou sua imagem impressa como prova de sua aparição, mas também mensagens que permaneceram escondidas em seus olhos para serem reveladas quando a tecnologia permitisse descobri-las — e em um tempo em que fossem mais necessárias. Este seria o caso da imagem de uma família, presente no centro dos olhos da Virgem, justamente quando a Família se encontra precisamente ante sérios ataques, em nossos dias.

A imagem de várias figuras humanas que parecem constituir uma família (incluindo várias crianças e um bebê levado nas costas por sua mãe, como se costumava no século XVI), aparecem no centro da pupila da Virgem, como centro de sua visão.

 

Veja mais em: Nossa Senhora de Guadalupe – México

O Pai Nosso das Almas do Purgatório

Santuário Mariano de EinsiendelnUm dia em que Santa Matilde havia acabado de comungar e oferecer a Deus a Hóstia Preciosíssima, a fim de que Ela servisse para a libertação das almas do Purgatório, com a remissão de seus pecados e a reparação de suas negligências, ouviu o Senhor dizer-lhe:

“Reze por elas um Pai Nosso em união com a intenção que eu tive, ao tirá-lo do Meu Coração, a fim de ensiná-lo aos homens”.

Ao mesmo tempo, a inspiração Divina desvendou à Santa as intenções (cuja fórmula sucinta está nesta página).

E quando Santa Matilde acabou de rezar o Pai Nosso nessas intenções, ela viu uma grande multidão de almas, rendendo graças a Deus pela sua libertação do Purgatório, numa alegria extrema. A cada vez que a Santa rezava essa oração, via uma legião de almas subindo para o Céu.

O pedido da récita desta oração foi repetido a uma senhora suíça em 1968, no Santuário Mariano de Einsiedeln.

Socorramos as pobres almas do Purgatório, que nada podem para si mesmas, a não ser sofrer, esperando pelos nossos sufrágios, rezar por nós e serem gratas.

(uma versão deste Pai Nosso acrescenta uma jaculatória após cada trecho da oração)

 

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU… Eu vo-lo peço, ó Pai Eterno, que perdoeis às almas do Purgatório por não Vos terem amado, nem rendido toda a honra que Vos é devida a Vós, seu Senhor e Pai, que só por pura graça as adotastes como filhas. E elas, no entanto, por causa de seus pecados, Vos expulsaram de seu coração onde desejáveis sempre habitar. Em reparação desses pecados por elas cometidos, eu Vos ofereço todo o amor e toda a veneração que o Vosso Filho feito Homem Vos testemunhou ao longo de toda a Sua vida terrestre, e eu Vos ofereço todas as ações de penitência e de satisfação pelas quais Ele apagou e expiou os pecados dos homens.

SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME… Eu Vos suplico, ó Eterno PAI, que perdoeis às almas do Purgatório, por não terem honrado dignamente o Vosso Santo Nome, por terem-No pronunciado freqüentemente em vão e terem-se tornado, pela sua vida de pecado, indignas do nome de cristão. Em reparação desses pecados por elas cometidos, eu Vos ofereço toda a honra que o Vosso Filho bem-amado rendeu ao Vosso Nome, por Suas palavras e obras, ao longo de toda a Sua vida terrestre.

VENHA A NÓS O VOSSO REINO… Eu Vos rogo, ó Eterno PAI, perdoar as almas do Purgatório, por não terem sempre procurado nem desejado o Vosso Reino com bastante zelo, este Reino que é o único lugar onde reinam o verdadeiro repouso e a eterna PAZ. Em reparação desta indiferença em praticar o bem, eu Vos ofereço o Santíssimo desejo com o qual o Vosso Filho desejou que, também elas, fossem as herdeiras do Seu REINO.

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU… Eu Vos rogo, ó Eterno PAI, que perdoeis às almas do Purgatório por não terem submetido a sua vontade própria à Vossa, nem terem procurado fazer a Vossa Vontade acima de todas as coisas. Em reparação dessa desobediência, eu Vos ofereço a perfeita conformidade do Coração pleno de Amor do Vosso Divino Filho, com a Vossa Santa Vontade, e a submissão que Vos testemunhou, obedecendo-Vos até à morte de cruz.

O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE… Eu Vos rogo ó Eterno PAI, perdoar às almas do Purgatório por não terem recebido a SAGRADA COMUNHÃO com bastante desejo, por terem-Na freqüentemente recebido sem recolhimento e sem amor, até mesmo indignamente, e ainda terem negligenciado em recebê-La. Em reparação de todos esses pecados, eu Vos ofereço a eminente Santidade e o grande Recolhimento de Nosso Senhor JESUS CRISTO, assim como o ardente AMOR com que Ele nos fez este incomparável Dom.
Eu Vos rogo ainda por aquelas almas que comungaram sem fé, sem gesto de adoração, não cuidando das migalhas da Hóstia, com roupas indecentes ou até provocadoras, sem terem se confessado, com pecados mortais. Eu Vos rogo, igualmente, pelas almas dos protestantes que rejeitaram este Augusto Sacramento, e agora o lamentam no meio das chamas. Compadecei-Vos delas, suscitando em mim, em seu lugar, a Fome Eucarística.

PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TÊM OFENDIDO… Eu Vos rogo, ó Eterno Pai, perdoar às almas do Purgatório, de terem se tornado culpadas, sucumbindo aos pecados mortais e por não terem querido nem amar nem perdoar a seus inimigos. Em reparação desses pecados, eu Vos ofereço a oração cheia de amor que, na cruz, o Vosso Divino Filho Vos dirigiu em favor de Seus inimigos.

NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO… Eu Vos rogo, ó Eterno Pai, perdoar as almas do Purgatório, por não terem freqüentemente resistido às tentações e às paixões e seguido o inimigo de todo o Bem,  e de terem-se abandonado às concupiscências da carne. Em reparação de todos estes pecados em suas múltiplas formas dos quais se tornaram culpadas, eu Vos ofereço a gloriosa Vitória que Nosso Senhor Jesus Cristo obteve sobre o mundo, assim como a Sua Santíssima Vida, Seu trabalho e Suas penas, Seu sofrimento e morte crudelíssima.

MAS LIVRAI-NOS DO MAL e de todos os castigos, em virtude dos méritos de Vosso Filho bem-amado, e conduzi-nos, assim como as almas do Purgatório, ao Vosso Reino de Glória que sois Vós mesmo. AMÉM!

 

Extraído do folheto “O Pai Nosso das Almas do Purgatório”
Pedidos: Editora da Divina Misericórdia
Rua Campinas, 475
Esplanada
Belo Horizonte-MG
30280-090

A Dupla Novena

A Dupla Novena em reparação aos Corações de Jesus e Maria

Rainha Vitoriosa

A Dupla Novena foi pedida à Irmã Natália da Hungria. Trata-se da Comunhão reparadora, depois da preparação apropriada e do arrependimento (confissão), em Nove Primeiros Sábados e Nove Primeiras Sextas-feiras consecutivos, para consolar o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

[ Imprima-se: Niterói, 26.02.1971. Antônio, Arcebispo de Niterói ]

As 33 Promessas de Jesus aos que completarem a Dupla Novena em Honra dos Sagrados Corações de Jesus e Maria

1. Concederei, durante a Novena, tudo o que Me pedirem através do Coração Imaculado de Minha Mãe, desde que o pedido esteja de acordo com a vontade do Pai.

2. Estas pessoas experimentarão, em todas as circunstâncias, a extraordinária ajuda de Minha Mãe e Sua bênção.

3. A paz, a harmonia e o amor reinarão em suas almas e em suas famílias.

4. Protegerei suas famílias contra escândalos, decepções e injustiças.

5. Os casais permanecerão unidos e, se estiverem separados, unir-se-ão novamente.

6. Haverá compreensão entre todos os membros das famílias e todos perseverarão na fé.

7. As gestantes experimentarão a proteção especial de Minha Mãe e receberão o que pedirem para si e para seus filhos.

8. Os pobres terão habitação e alimento.

9. Estas pessoas serão conduzidas por Mim a amar a oração e o sofrimento e aprenderão a amar a Deus, ao próximo e aos seus inimigos.

10. Os pecadores serão convertidos sem dificuldade, mesmo que uma outra pessoa faça a Novena por eles.

11. Os pecadores não recairão em seus pecados e receberão não somente o perdão de suas faltas, mas, através de contrição perfeita e amor, recobrarão a inocência batismal.

12. Aqueles que completarem esta Novena em estado de inocência batismal (especialmente as crianças), até sua morte não ofenderão meu Coração com pecados graves.

13. Os pecadores que se arrependerem sinceramente, escaparão não só do inferno mas também do Purgatório.

14. As almas indiferentes tornar-se-ão fervorosas, perseverarão e alcançarão, mais rapidamente, a perfeição e a santidade.

15. Se os pais ou quaisquer outros membros de uma família completarem esta Novena, ninguém desta família será condenado ao inferno.

16. Muitos jovens serão chamados à vida religiosa, inclusive ao sacerdócio.

17. Os descrentes tornar-se-ão fiéis e aqueles que tinham se afastado retornarão à Igreja.

18. Sacerdotes e Religiosos permanecerão fiéis às suas vocações e os que se tornaram infiéis receberão a graça de uma sincera contrição e a possibilidade de retorno.

19. Os pais e superiores receberão ajuda tanto em suas necessidades espirituais como nas materiais.

20. Estas pessoas escaparão facilmente das tentações da carne, do mundo e de satanás.

21. Os orgulhosos e arrogantes tornar-se-ão humildes e os geniosos tornar-se-ão amorosos.

22. As almas fervorosas experimentarão a doçura da oração e do sacrifício e jamais serão atormentadas pela inquietação ou dúvida.

23. Os moribundos partirão desta vida sem agonia, sem os ataques de satanás, e escaparão de mortes súbitas ou inesperadas.

24. Os agonizantes experimentarão grande desejo pela vida eterna; portanto, submeter-se-ão à minha vontade e partirão desta vida nos braços de minha Mãe.

25. As almas experimentarão a extraordinária proteção de minha Mãe no Julgamento.

26. As pessoas receberão a graça de sentirem compaixão e amor diante dos meus sofrimentos e os de minha Mãe.

27. Aqueles que se esforçarem para serem perfeitos obterão, como privilégio, as virtudes principais de minha Mãe: humildade, amor e pureza.

28. Uma certa alegria e paz exterior e interior os acompanhará através de suas vidas, tanto na doença como na saúde.

29. Os Sacerdotes receberão, sem dificuldades, a graça de viverem na presença de minha Mãe.

30. Aqueles que avançarem na união mística Comigo receberão a graça de sentirem esta unidade e saberão o que significa: não são eles que vivem, mas Eu que vivo neles. Ou seja: Eu amarei com seus corações, Eu rezarei com suas almas, Eu falarei com suas línguas, Eu servirei com todo seu ser. Eles experimentarão que o que há de bom, belo, santo, humilde, manso, obediente, valioso e admirável neles, sou Eu. Eu, o Onipotente, o Infinito, o Único Senhor, o Único Deus, o Único Amor.

31. As almas daqueles que completarem esta Novena resplandecerão, por toda a eternidade, como lírios brancos, em volta do Coração Imaculado de minha Mãe.

32. Eu, o Divino Cordeiro de Deus, com meu Pai e o Espírito Santo, regozijar-Me-ei, por toda eternidade, vendo estas almas que, através do Coração Imaculado de minha Mãe, ganharam a glória eterna.

33. Os Sacerdotes avançarão, sempre, na fé e na virtude.

Folhetos da Rainha Vitoriosa do Mundo
com a Dupla Novena
Caixa Postal 198 – São Carlos-SP – 13560-970

Sete Dores e Alegrias de São José

Sete Dores e Alegrias de São José1a – Ó Esposo puríssimo de Maria Santíssima, glorioso São José, assim como foi grande a amargura de vosso coração na perplexidade de abandonardes vossa castíssima Esposa, assim foi inexplicável a vossa alegria, quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da encarnação.

Por esta vossa dor e por este vosso gozo, vos rogamos a graça de consolardes agora e nas extremas dores, a nossa alma com a alegria de uma boa morte semelhante à vossa entre Jesus e Maria.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

2a – Ó felicíssimo Patriarca, glorioso São José, que fostes escolhido para o cargo de pai putativo do Verbo Humanado, a dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino, que se transformou em celeste júbilo ao escutardes a angélica melodia e ao verdes a glória daquela brilhantíssima noite.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, suplicamos a graça de nos alcançardes que depois da jornada desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e gozar os resplendores da glória celeste.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

3a – Ó obedientíssimo executor das divinas leis, glorioso São José, o sangue preciosíssimo, que na Circuncisão derramou o Redentor Menino vos transpassou o coração, mas o nome de Jesus vo-lo reanimou, enchendo-o de contentamento.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, sendo arrancados de nós os vícios nesta vida, com o nome de Jesus no coração e na boca expiremos cheios de júbilo.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

4a – Ó fidelíssimo Santo, que também tivestes parte nos mistérios de nossa redenção, glorioso São José, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria tinham de sofrer vos causou mortal angústia, também vos encheu de sumo gozo pela salvação e gloriosa ressurreição, que igualmente predisse, teria de resultar para inumeráveis almas.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, obtende-nos que sejamos aqueles que, pelos méritos de Jesus e pela intercessão da Virgem Sua Mãe, têm de ressuscitar gloriosamente.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

5a – Ó vigilantíssimo guardião, íntimo familiar do Filho de Deus encarnado, glorioso São José, quanto penastes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga que com ele houvestes de fazer ao Egito! Mas, qual não foi também vosso gozo por terdes sempre convosco o mesmo Deus e por verdes cair por terra os ídolos do Egito.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, expelindo longe de nós o inferno tirano, especialmente com a fuga das ocasiões perigosas, sejam derrubados de nosso coração todos os ídolos de afetos terrenos e que inteiramente empregados no serviço de Jesus e de Maria, para eles somente vivamos e felizmente morramos.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

6a – Ó anjo da terra, glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso aos vossos mandatos, se a vossa consolação, ao reconduzi-lo do Egito, foi turbada pelo temor do Arquelau, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Jesus e Maria.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, alcançai-nos que, desocupado o nosso coração de vãos temores, gozemos paz de consciência, vivamos seguros com Jesus e Maria, e também entre eles morramos.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

7a – Ó exemplar de toda santidade, glorioso São José, que perdestes sem culpa vossa o Menino Jesus, e para maior angústia houvestes de buscá-lo por três dias, até que com sumo júbilo gozastes do que era vossa vida, achando-o no templo entre os doutores.
Por esta vossa dor e por este vosso gozo, suplicamos, com o coração nos lábios, que interponhais o vosso valimento para que nunca nos suceda perdermos a Jesus por culpa grave, mas se por desgraça o perdermos, com tão contínua dor o procuremos, que o achemos favorável, especialmente a gozá-lo no céu e lá cantarmos convosco eternamente Suas divinas misericórdias.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

Orações a São José

São José, patrono da IgrejaPadroeiro da Igreja Universal,
dos operários, das famílias e da boa morte

– festa: 19 de março e 1º. de maio (São José Operário)

Oração diária pelos agonizantes

São José, Pai nutrício de Nosso Senhor Jesus Cristo e verdadeiro esposo de Maria Virgem, rogai por nós e pelos agonizantes deste dia e desta noite. Dai-nos uma santa morte. Amém.
Pai-Nosso – Ave-Maria – Glória ao Pai

Oração de agradecimento por São José

(esta oração é muito querida por São José)

Santíssima Trindade, eu Vos ofereço os Corações de Jesus e de Maria, com os Seus merecimentos e o Seu Amor, em nome de São José, para Vos agradecer todos os dons que lhe concedestes, sobretudo por tê-lo feito Pai adotivo de Jesus e Esposo verdadeiro de Maria Virgem.

 

Oração pela Igreja

São José, patrono universal da Igreja, velai pela Igreja tão cuidadosamente como velastes por Jesus, ajudai a protegê-la e conduzi-a como fez com seu filho adotivo. Amém.

Oração de São Clemente

São José, ó meu terno pai, ponho-me para sempre sob a vossa proteção; considerai-me como vosso filho e preservai-me de todo o pecado. Lanço-me nos vossos braços para que me acompanheis no caminho da virtude e me assistais na hora de minha morte. ó meu terno pai, ponho-me para sempre sob a vossa proteção; considerai-me
Jesus, Maria, José, eu vos dou meu coração e minha alma.
Jesus, Maria, José, assisti-me na última agonia.
Jesus, Maria, José, expire em paz entre Vós a minha alma.


Consagração a São José

Glorioso São José, digno de ser entre os santos venerado, amado e invocado com especial carinho pelo primor de vossas virtudes, eminência de vossa glória e poder de vossa intercessão perante a Santíssima Trindade, tomo-vos hoje por meu advogado, por meu protetor e pai, proponho firmemente nunca esquecer-me de vós, honrar-vos todos os dias que Deus me conceder.
Em todas as minhas ações, assisti-me junto de Jesus e Maria, favorecei-me na hora da morte, não falteis, por piedade.
Amém.

Oração a São José pelas famílias

(das mensagens de N.Sra. Mãe do Infinito Amor, com aprovação eclesiástica)

São José, intercessor das famílias por excelência, eu vos recebo como Pai desta família. Ensinai-me, São José, a amar, a orar, a falar, a trabalhar, como tão bem ensinastes a Jesus.
Peço-vos especialmente pela salvação de … (dizer o nome da pessoa).
Libertai-o(a), São José, das amarras do inimigo das famílias, e fazei-o(a), São José, servir a Deus como o senhor O serviu.
Querido São José, santificai minha família. Amém.

Oração nas dificuldades

Ó Glorioso São José, a quem foi dado o poder de tornar possíveis as coisas humanamente impossíveis, vinde em nosso auxílio nas dificuldades em que nos achamos.
Tomai sob vossa proteção a causa importante que vos confiamos, para que tenha uma solução favorável.
Ó Pai muito amado, em vós depositamos toda nossa confiança. Que ninguém possa jamais dizer que vos invocamos em vão. Já que tudo podeis junto de Jesus e Maria mostrai-nos que vossa bondade é igual ao vosso poder.
São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais Santa Família que jamais houve, sede, nós vo-lo pedimos, o Pai e protetor da nossa, e impetrai-nos a graça de vivermos e morrermos no amor de Jesus e Maria!
São José, rogai por nós!

Oração em causa urgente

Ah! Vós que ninguém jamais invocou em vão! Vós cujo poder junto a Deus é tão grande que se diz: “No céu José manda, não suplica!”, rogai e intercedei por mim junto a Jesus. Sede meu advogado junto a este divino Filho, de quem fostes na terra protetor fiel. Ajuntai a todas as vossas glórias aquela de ganhar a causa desesperada que vos confio… (citar o que deseja). Eu creio, sim, eu creio que podeis acudir os meus votos, livrando-me das penas que me acabrunham e das amarguras de que sofre a minha alma. Tenho, além disso, confiança em que nada deixareis de fazer em favor do aflito que vos implora.
Humildemente prostrado a vossos pés eu vos peço: Tende piedade de minhas súplicas e de minhas lágrimas, cobri-me com a vossa misericórdia e abençoai-me. Assim seja.

Oração a São José, depois do terço

A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e, depois de ter implorado o auxílio de vossa santíssima esposa, cheios de confiança solicitamos também o vosso patrocínio. Por esse laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente suplicamos que lanceis um olhar benigno sobre a herança que Jesus Cristo conquistou com Seu sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o vosso auxílio e poder.
Protegei, ó guarda providente da divina família, a raça eleita de Jesus Cristo.
Afastai para longe de nós, ó pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus das ciladas de seus inimigos e de toda a adversidade.
Amparai a cada um de nós com o vosso constante patrocínio, a fim de que, a vosso exemplo e sustentados com o vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente, e obter no céu a eterna bem-aventurança. Assim seja.

1 2 3 4 7